PSDB oficializa nome de Eduardo Leite como candidato a governador do RS

Candidatura foi aprovada em convenção partidária do PSDB realizada no Teatro da AMRIGS neste domingo (31).

Compartilhe:
Candidato Eduardo Leite, do PSDB. Foto: Maurício Tonetto / Divulgação, PSDB

O ex-governador Eduardo Leite (PSDB) vai voltar a concorrer ao cargo máximo do Poder Executivo gaúcho. A candidatura foi aprovada em convenção partidária do PSDB realizada no Teatro da AMRIGS (Associação Médica do Rio Grande do Sul) neste domingo (31).

Leite concorre ao cargo pela segunda vez. Ele foi eleito governador do Estado em 2018 e tomou posse em 1º de janeiro de 2019. Em novembro de 2021, concorreu com João Doria nas polêmicas prévias do PSDB para ser o candidato do partido ao cargo de presidente da República em 2022. Doria venceu as prévias, mas não se tornou pré-candidato tucano e desistiu da corrida eleitoral.

Mesmo sem perspectiva de ser alçado a candidato à presidência, Leite renunciou ao cargo de governador do Rio Grande do Sul em 31 de março de 2022. O vice-governador Ranolfo Vieira Júnior assumiu o comando do Executivo.

Em junho, Leite voltou ao cenário político estadual ao anunciar que era pré-candidato do PSDB ao Piratini. Desde então, as peças do xadrez político gaúcho se movimentaram. O PSDB aguardava a decisão de um MDB dividido para lançar uma candidatura mais robusta ao Piratini. No fim das contas, conseguiram: o deputado Gabriel Souza deve ser o candidato a vice-governador.

Além do MDB, os tucanos gaúchos devem contar com apoio do Cidadania, Podemos e União Brasil.


Compartilhe: