MPRS denuncia homem que matou pai e filho em Triunfo

O crime ocorreu no dia 28 de junho, na sede da empresa das vítimas.

Compartilhe:

O MPRS (Ministério Público) apresentou denúncia contra o homem de 39 anos que matou pai e filho dentro de uma empresa de Triunfo, no Vale do Caí. O crime ocorreu por volta de 18h do dia 28 de junho, na sede da empresa do ramo de transportes para quem o denunciado trabalhava como cozinheiro desde 2018.

A denúncia aponta a prática de dois homicídios triplamente qualificados. As qualificadoras são por motivo fútil, à traição e mediante recurso que dificultou a defesa das vítimas.

O empresário Nelson Joel de Oliveira Ferreira, de 61 anos, e o filho dele, Anderson Guedes Ferreira, de 36 chegaram socorridos para o Hospital de Montenegro, mas ambos não resistiram aos ferimentos e morreram. A empresa fica localizada próxima do Polo Petroquímico de Triunfo.

Conforme o MP, a companheira do denunciado reclamou para ele sobre uma advertência que recebeu do empresário após ordenhar uma vaca. O empregado, então, dirigiu-se até a sede do estabelecimento para tirar satisfação com o patrão, momento em que se iniciou uma discussão que evoluiu para agressões físicas.

O filho, que percebeu o desentendimento pelas câmeras de segurança, foi ao encontro dos dois para tentar apaziguar os ânimos. “Após encerrada a discussão, o denunciado se dirigiu até seu veículo, retornando com arma de fogo em mãos, oportunidade em que efetuou diversos disparos dirigidos contra as vítimas”, explicou a promotora de Justiça Marcéli da Silva Serafim Preis.

O homem, que residia em uma casa cedida nos fundos do estabelecimento comercial, cometeu os crimes enquanto respondia em regime semiaberto pela prática de outros delitos, tendo retirado a tornozeleira eletrônica durante a fuga. Atualmente, o indivíduo está preso.


Compartilhe: