Sobe para sete número de mortes após queda de rocha em Capitólio, MG; veja vídeo

O Corpo de Bombeiros foi acionado. Ao menos 15 pessoas ficaram feridas após o desabamento em Capitólio, Minas Gerais. 

Compartilhe:

Lanchas com turistas que estavam no Lago de Furnas, em Capitólio, no Sul de Minas Gerais, foram atingidas por rochas de um cânion no fim da manhã deste sábado (8). Sete pessoas morreram. Conforme os Bombeiros, as vítimas são quatro homens e três mulheres.

Ao menos 4 pessoas são consideradas desaparecidas. Ao menos 40 bombeiros estão no cânion para a realização das buscas, que foram paralisadas ao anoitecer, mas que serão retomadas neste domingo (9). Um posto de comando foi montado próximo do local do desabamento para facilitar os resgates.

Ao menos 32 pessoas ficaram feridas, sendo que 23 foram atendidas e liberadas. Nove pessoas seguem internadas, em diferentes quadros de saúde. Ao menos duas delas tiveram fraturas expostas e foram encaminhadas para a Santa Casa de Piumhi, município a 23 quilômetros de Capitólio.

Um vídeo que circula pela internet – e cuja veracidade foi confirmada pelos Bombeiros – mostra o momento em que uma parede de rochas dos cânions se desprende, tomba e atinge as lanchas. Ao menos duas embarcações foram atingidas em cheio. O desabamento provocou o deslocamento da massa de água, que avançou sobre outros barcos que estavam próximos das Escarpas do Lago, em Capitólio, ferindo outras pessoas.

Segundo o Corpo de Bombeiros, uma tromba d’água teria atingido a região, desestabilizando parte da parede do cânion. As pedras se soltaram e desabaram na água do lago de Furnas, que é artificial. Um helicóptero do Corpo de Bombeiros está no local, auxiliando as equipes em terra. No entanto, a aeronave não consegue se aproximar do local por causa das condições meteorológicas.

O estado de Minas Gerais vem sofrendo com fortes chuvas constantes há dias consecutivos. Na manhã deste sábado, a Defesa Civil do estado havia alertado para a possibilidade de “cabeça d’água” nos municípios de Capitólio, São João Batista do Glória e São José da Barra. “Evite cachoeiras no período de chuvas”, dizia a postagem nas redes sociais.

O lago de Furnas, em Capitólio, é muito procurado por turistas de todo o país e os passeios de barcos entre os cânions são a atração mais desejada. Ao longo do caminho, com lanchas e embarcações que são alugadas na própria área de entrada do local, os visitantes passeiam por diversos lagos, sendo que alguns deles incluem cachoeiras. A água também é bastante profunda e apta para mergulhos.

Veja vídeo do acidente

Se não conseguir ver o vídeo, acesse aqui.


Compartilhe: