Caminhões-pipa abastecem bairros da zona leste de Porto Alegre, sem água há dois dias

Compartilhe:

O DMAE (Departamento Municipal de Água e Esgotos) enviou caminhões-pipa para abastecimento de água em regiões da zona leste de Porto Alegre. Várias localidades estão há quase dois dias inteiros com as torneiras vazias. A interrupção no fornecimento é resquício do temporal que atingiu a cidade no domingo à tarde e que causou danos em uma estação de bombeamento de água.

O conserto na EBAT (Estação de Bombeamento de Água Tratada) São Manoel, no bairro Santana, foi concluído ontem à noite, mas a água não retornou em bairros mais afastados. Por causa disso, e da falha em outras duas estações de tratamento, Partenon, Coronel Aparício Borges, São José, São José Comunitária e Vila João Pessoa seguem sem água e caminhões-pipa foram enviados para auxiliar a população desabastecida.

Durante a manhã, caminhões já abasteceram duas Unidades de Saúde (Vila Vargas e Vila Pinto) e o Presídio Central. Outros quatro pontos serão contemplados com pipas. Um deles foi enviado à Escola do Morro da Cruz (rua Santa Tereza, 541) e encheu a caixa de água da instituição para que os moradores possam retirar. Outro irá no início da tarde próximo à Escola América, na rua Dona Valmira com Padre Ângelo Costa. Em outro roteiro, um caminhão foi direcionado por volta das 11h à rua da Represa e rua Ernesto Araújo com 1º de Setembro. À tarde, este caminhão irá até a rua Maria Apolônia Chaves, 30.

O retorno da água é lento em função do consumo elevado e do grande tempo para retorno às torneiras. A previsão de normalizar o abastecimento de água foi adiada para “ao longo do dia de hoje”, conforme o DMAE (Departamento Municipal de Água e Esgotos).


Compartilhe: