Confira o segundo dia de julgamento do caso Bernardo

Começou o segundo dia de julgamento do caso Bernardo, em Três Passos. Nesta terça-feira (12), serão ouvidas três testemunhas.

A primeira testemunha a prestar depoimento é Juçara Petry, que cuidava do menino durante vários dias. Bernardo passava bastante tempo na residência dela e do marido. Ela solicitou para não falar na presença dos réus. Os quatro acusados foram retirados para o depoimento.

Juçara se emocionou em vários momentos de seu depoimento. No mais tocante, ela relatou que Bernardo errava seus exercícios de matemática para que eles pudessem lhe ensinar novamente e, assim, lhe dar atenção.

A segunda é Ariane Schmitt, psicóloga que tratou de Bernardo. Ela disse que Bernardo se autoadministrava três medicações, sendo que um deles era ritalina. A profissional afirmou que Leandro Boldrini era um pai tangencial, sem empatia pelo filho. A autoridade era exercida com violência, com certo sadismo, segundo ela.

error: