Roteiro turístico do filme “O Quatrilho” ganhará investimentos

Casa onde foram gravadas cenas do Filme “O Quatrilho”, na Vinícola Strapazzon (Foto: Sem Roteiro)

O Quatrilho foi o segundo filme brasileiro a ser indicado ao Oscar. Muitas cenas foram gravadas na Serra Gaúcha, uma delas dentro de uma das casas mais antigas e conservadas da região, que mantém a originalidade até hoje. Atualmente lá funciona a Vinícola Strapazzon, onde você pode conhecer a casa, visitar as videiras e degustar vinhos e uma tábua de queijos e salames.

Videiras na Vinícola Strapazzon (Foto: Sem Roteiro)

Um investimento de R$ 6,1 milhões será destinado, pelo Ministério do Turismo, para a pavimentação de acesso ao roteiro turístico do filme, localizado na Serra Gaúcha, no Rio Grande do Sul. A obra deve resolver a falta de acesso asfáltico aos atrativos, como a Vinícola Família Lazaretti, Moinho Grings, Caza Wilfrido, melhorando o acesso à localidade e reduzindo os custos locais com a manutenção da estrada. Além disso, a pavimentação facilitará o acesso dos turistas que possuem interesse em explorar o interior do município.

A pavimentação da via de acesso ao roteiro “O Quatrilho” possibilitará a chegada de novos turistas e o crescimento da divulgação do atrativo.

Uma história de livro que virou filme, a rota “O Quatrilho” foi construída no final do século XIX, pelas famílias Trentin e Dal Ri que colonizaram a terra e cultivaram a produção de frutas e vinhos na região. Localizado em meio a vales e riachos, a região possui outro grande marco na história, o moinho colonial, que compõe um cenário encantador de um mirante e marca turistas com experiências afetivas, receitas, histórias, sabores e tradição familiar.

Quer ficar por dentro das notícias de turismo e ainda conferir as dicas de viagens e passeios, acompanhe a gente no Instagram e Facebook do Blog Sem Roteiro.


Compartilhe: