10 melhores destinos para tomar vinho

Bento Gonçalves/RS (Foto: Sem Roteiro)

Visitar um destino é também conhecer os sabores de sua cozinha. Em uma pesquisa realizada por uma plataforma de hospedagens revelou que para os viajantes brasileiros, a gastronomia de um destino é um fator muito importante no planejamento da viagem, dado que sete em cada dez pesquisam a cena gastronômica de um lugar antes de decidir visitá-lo, o que significa 20 pontos percentuais acima da média global.

Alguns destinos são bem conhecidos por seus pratos típicos, pela variedade de restaurantes ou pela produção artesanal de algum produto, como queijos, cerveja e, um queridinho da serra gaúcha, o vinho. Independente se a pessoa é uma grande conhecedora da bebida ou se escolhe a garrafa pelo rótulo mais bonito, apreciar uma taça de um bom vinho durante a viagem é uma experiência deliciosa.

De acordo com a pesquisa, que traz a lista do top 10, a região Sul se sobressai na preferência dos viajantes, seguida da região Sudeste e com um representante nordestino no ranking.

1.    Bento Gonçalves/RS

Considerada a capital nacional do vinho, Bento Gonçalves lidera a lista de preferência dos viajantes brasileiros quando o assunto é degustar uma taça da bebida durante as férias. No final da década de 1960, aconteceu na cidade a primeira edição da Fenavinho, a Festa Nacional do Vinho, que existe até os dias atuais e, claro, tem o vinho como protagonista. A cidade começou a se tornar conhecida pelo produto e, atualmente, oferece diversas atrações voltadas para o enoturismo e para o turismo rural, como a visita às vinícolas do Vale dos Vinhedos, que inclui de pequenas a grandes propriedades.

2.    Gramado/RS

Gramado é uma cidade charmosa e aconchegante, com uma deliciosa oferta gastronômica e perfeita para tomar um bom vinho. Apesar de ser conhecida como destino de inverno, vale a pena visitá-la em outras épocas do ano também. Um tipo de restaurante bem famoso por lá é o especializado em fondue, um prato suíço à base de queijo derretido (ou chocolate, para a sobremesa), acompanhado de pedaços de pão ou legumes, que vai muito bem com uma tacinha da bebida. Há ainda uma Rota do Vinho, para que os viajantes conheçam as vinícolas da área rural de Gramado, entendam sobre o processo de produção e façam uma degustação dos rótulos produzidos ali.

3.    Campos do Jordão/SP

Se o Rio Grande do Sul lidera o ranking, destinos paulistas também são alguns dos preferidos dos viajantes quando o assunto é viagem enogastronômica. E Campos do Jordão, outro tradicional destino de inverno, é o primeiro deles. Ali não faltam opções para comer bem e muitos restaurantes oferecem uma boa carta de vinhos para acompanhar a refeição. Além disso, na região da Serra da Mantiqueira existe uma rota turística focada em vinhos: é possível visitar vinícolas, fazer tours pelos vinhedos e, claro, degustações.

4.    São Roque/SP

Também no estado de São Paulo, São Roque, conhecida como Terra do Vinho, é parada obrigatória para quem aprecia a bebida. A cidade tem uma história ligada à produção de vinho, dado que o cultivo da uva teve início no século XVII, mesmo período de sua fundação. Ali, o enoturismo ganhou força, com uma rota específica chamada Roteiro do Vinho, que engloba a Estrada do Vinho, a Estrada dos Venâncios e a Rodovia Quintino de Lima. O roteiro é ideal para quem quer degustar vinhos e conhecer adegas, vinícolas, restaurantes e fazendas da região, que oferecem deliciosos produtos artesanais, como queijos, pães, conservas e salames.

5.    São Paulo/SP

A maior cidade do país não poderia ficar de fora dessa lista, afinal São Paulo é um destino famoso pela quantidade e diversidade de restaurantes espalhados pela metrópole. As cantinas italianas, por exemplo, são um passeio clássico na capital, seja para o almoço ou o jantar, e muitas ficam localizadas no tradicional bairro do Bixiga, formado por uma comunidade grande de imigrantes italianos. E, para acompanhar uma boa massa, o vinho é uma excelente opção. Além disso, São Paulo também oferece os chamados wine bars, bares especializados na bebida, nos quais é possível degustar petiscos e refeições harmonizadas com uma excelente seleção de vinhos.

6.    Caxias do Sul/RS

Mais um representante gaúcho na lista, Caxias do Sul é um lugar ideal para um roteiro de enoturismo e de natureza, dado que há várias opções de atrativos naturais, como rios, cachoeiras e cânions, além de vinícolas pequenas e familiares, que oferecem experiências relacionadas ao cultivo da uva, como participar da colheita da fruta e entender o processo de fabricação de vinhos e sucos. É na cidade que acontece a Festa da Uva, uma celebração da cultura italiana, que reúne centenas de expositores de vários segmentos, como vinícolas, e incluí até desfiles musicais na programação.

7.    Itaipava/RJ

Distrito de Petrópolis, Itaipava é um destino curioso, dado que ali está localizado o Castelo de Itaipava, em estilo medieval, que foi construído no início do século XX e atualmente funciona como um hotel e local de eventos, além de oferecer restaurantes e uma cervejaria. Quem visita este ponto turístico da cidade pode fazer uma refeição no Taberna, que oferece uma carta de vinhos, e degustar a bebida em um cenário inusitado. O destino também é cheio de bons restaurantes com adegas e seleções de ótimos vinhos, que harmonizam com carnes, massas e fondues, e há também uma vinícola na região, que oferece visita aos vinhedos e degustação.

8.    Canela/RS

Vizinha de Gramado, Canela é mais um destino charmoso na Serra Gaúcha, com diversos atrativos naturais, como cascatas e montanhas. Ali, há também museus temáticos, parques de aventura e, para os amantes de vinho, as vinícolas onde os visitantes podem experimentar a bebida e sucos, fazer um piquenique com direito a espumante e conhecer os parreirais. A gastronomia também é um forte do destino, com churrascarias tradicionais, fondues e lojas especializadas em chocolate.

9.    Petrolina/PE

No interior de Pernambuco, está localizada a cidade de Petrolina, no Vale do São Francisco, um importante polo vitivinicultor do país e um dos principais responsáveis pelo desenvolvimento econômico local, além da produção de outras frutas, como a manga. Ali, há inclusive experiências que misturam passeios de barco com degustação de vinhos e visita a vinícolas da região, combinando dois atrativos turísticos em um só.

10. São Joaquim/SC

Única representante de Santa Catarina no ranking e localizada na parte sul do estado, São Joaquim é uma das raras cidades brasileiras em que é possível ver neve no inverno, tanto é que o turismo se intensifica nos meses mais frios. Além de pontos turísticos como a igreja matriz, mirantes e parques, há locais especializados em vinhos, que oferecem degustações e vendas de rótulos catarinenses, e vinícolas na região, com visitas guiadas sobre a história e a produção do vinho, opções de almoço e piqueniques harmonizados.

E você, quais desses já conheceu ou tem vontade de conhecer? Aqui no Sem Roteiro já visitamos, desta lista: Bento Gonçalves, Gramado, Canela e Caxias do Sul. Quer ficar por dentro das notícias de turismo e ainda conferir as dicas de viagens e passeios, acompanhe a gente no Instagram e Facebook.


Compartilhe: