Uma pérola da Serra Gaúcha

Vamos relatar para vocês um pouco sobre o nosso passeio por Nova Petrópolis, cidade que foi colonizada por imigrantes alemães e que é lembrada por ter um labirinto como ponto turístico.

Tem gente que lembra da Serra gaúcha só no inverno, mas por essa região tem bastante coisa para fazer e conhecer durante as outras estações. E foi isso que a gente fez… conhecer Nova Petrópolis sem expectativa de ver neve (bem que seria legal! o casal aqui ainda não conhece neve…hahaha).

O que comer

A gente estava com fome mas não sabia o que comer com tanta opção. No almoço optamos por comer em uma churrascaria (aparentemente bem famosa na cidade), fica na rua principal. Tudo muito saboroso e com um preço super justo.

A noite queríamos fugir do tradicional Fondue da serra. Escolhemos um restaurante japonês (a gente é do contra mesmo kkk, mas, ele estava fechado). Acabamos no fondue, e não nos arrependemos. O restaurante era muito charmoso. As mesas eram como vitrines que continham objetos antigos dentro. Mais uma vez nosso jeito Sem Roteiro de ser nos ajudou, kkkkk.

Antes de irmos embora da cidade, o que não poderia faltar era um café. Este nos tomamos em uma padaria muito simpática também na rua principal.

Hospedagem 

A nossa escolha para ficarmos hospedados não foi no centro da cidade, a gente queria ver a natureza da janela do nosso quarto. E por sorte pegamos um quarto sensacional! Dele a gente teve um vista incrível da natureza que tem em Nova Petrópolis (a TV não foi ligada em nenhum momento, ficamos só olhando a paisagem da sacada kkkkk).

A gente geralmente pega nossas hospedagens pelo Booking ou Airbnb (fica dica se quiserem nos patrocinar, kkkk). Este nós encontramos no Airbnb, uma casa grande (se não engano eram 4 ou 5 quartos). A recepção foi feita por um casal muito simpático que nos deu dica de onde comer na cidade. O café da manhã era maravilhoso e ainda veio acompanhado do som de um piano tocado ao vivo, é claro.

Antes de sairmos da casa resolvemos aproveitar mais a vista do vale. Também fizemos uma “mini trilha” nos fundos da casa, mas como estávamos despreparados (sem tênis, kkkk) logo voltamos, pois tinham muitos galhos de pinheiro no chão (espetavam nossos pés, kkkk).

Labirinto Verde

A gente sempre foca em algo para conhecer uma cidade, e desta vez foi o Labirinto Verde. Claro que a gente não segue um roteiro, mas é uma “desculpa” para conhecer tal lugar. O labirinto é bastante divertido, levamos cerca de 20 minutos para sair dele. Também é divertido sentar do lado de fora e ver os perdidos (kkkkk).

O labirinto, localizado na Avenida 15 de Novembro, é bastante bonito! Dá para entender porque ele é um dos pontos turísticos de Nova Petrópolis. Muita gente se perde mesmo, kkkk. A dica é a seguinte, não vá quando estiver com o sol muito alto e forte, para não passar trabalho (principalmente se for com criança) e também de estiver anoitecendo (pode bater um pavorzinho de não conseguir sair, kkkkk).

Como a gente já disse, nós logo encontramos o meio, e de lá dá para subir em um palanque e vê-lo do alto. E é claro bater uma foto (porque a gente é desses mesmo, kkkk)

Ele fica em na Praça das Flores, ao lado da Rua Coberta (sim, Nova Petrópolis também tem uma).

Passeio pela cidade

Ao passearmos nessa praça vimos muitas coisas bonitas, tem vários locais preparados para foto (a gente aproveitou, kkkk). Tem o monumento ao cooperativismo, a cidade é o berço na América Latina e também a Capital Nacional do Cooperativismo.

Claro que também encontramos alguma igreja para visitar (jura que não, né kkkk). E aproveitamos para caminhar pelas ruas e ver um pouco da arquitetura da cidade.

Visitamos também o Parque Aldeia do Imigrante (mas isso a gente já contou para vocês, se não leu, clique aqui). Vale a pena a visita. Outro lugar que também adoramos conhecer foi o Ninho das Águias (mais um passeio imperdível que vamos contar em mais detalhes em uma próxima ocasião, fica ligado aí para não perder, rsrsrs).

Esse foi o nosso passeio por Nova Petrópolis. A cidade é linda e vale a pena conhecer. É algo diferente na Serra Gaúcha.

E você, já visitou? Conta pra gente o que achou, vamos adorar saber.

Leia também
Read More

Quando tudo passar #ViajePeloRS

Já circula pelas redes sociais de influenciadores de esportes, viagem, turismo e gastronomia, a campanha colaborativa “Quando Tudo…