Governo assina permuta com Zaffari para construção de presídio em Porto Alegre

Assinatura da permuta ocorreu no Palácio Piratini. Foto: Luiz Chaves/Palácio Piratini

Um ano e três meses depois ser aprovada na Assembleia Legislativa, foi assinada nesta quarta-feira (6) a permuta entre o Governo do Estado e o Grupo Zaffari. Com isso, a rede de super e hipermercados vai construir um novo presídio com 416 vagas atrás do Central.

Em troca da nova casa prisional, o governo do Estado concede à rede de supermercados o terreno em que está o prédio da FDRH (Fundação para o Desenvolvimento e Recursos Humanos), na Avenida Praia de Belas. No local, está prevista a construção de um novo empreendimento da marca Bourbon Shopping.

A permuta foi aprovada pela Assembleia Legislativa em setembro de 2016. As diretrizes do novo prédio serão elaboradas pela Susepe (Superintendência dos Serviços Penitenciários). A obra deve demorar dez meses para ser erguida e terá custo de R$ 28 milhões. Os módulos serão construídos em uma área de 5,1 mil metros quadrados atrás dos antigos pavilhões do Central.

O contrato foi assinado na manhã desta quarta-feira (6), em ato no Salão Alberto Pasqualini do Palácio Piratini, pelo governador José Ivo Sartori; os secretários da Segurança Pública, Cezar Schirmer, e da Modernização Administrativa e dos Recursos Humanos, Raffaele Di Cameli; a superintendente da Susepe, Marli Ane Stock; e os diretores do Grupo Zaffari, Cláudio e Ivo José Zaffari.

Fachada da Fundação de Recursos Humanos (FDRH). Foto: Leandro Osório/Palácio Piratini

Deixe um comentário para este conteúdo

O Agora no RS não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários realizados pelos usuários. O veículo pode, a qualquer tempo, moderar, excluir ou banir qualquer conteúdo publicado por estes em qualquer seção do site ou de suas páginas na rede social Facebook.