Droga para 'cliente VIP'

30 kg de maconha são apreendidos em apartamento da zona Leste de Porto Alegre

Droga seria vendida para 'clientes VIPs' de Porto Alegre. Crédito: Polícia Civil

Uma ação da Polícia Civil apreendeu, na manhã desta sexta-feira (6), 30 quilos de maconha armazenada em um apartamento na zona Leste de Porto Alegre. A droga, que é considerada de “alta qualidade” pelos investigadores do Denarc (Departamento Estadual de Investigações do Narcotráfico), foi descoberta após uma denúncia anônima.

“A denúncia anônima foi realizada por meio do telefone 0800 518 518, e indicou o local onde os entorpecentes estavam depositados”, afirmou o delegado Rafael Pereira, da 3ª Delegacia de Investigação do Narcotráfico.

Conforme a investigação, os entorpecentes seriam distribuídos em pontos de venda de drogas. No apartamento, que fica no bairro Santo Antônio, além das drogas, foram apreendidos documentos que comprovam a autoria do crime de tráfico de drogas.

“As drogas de ‘alta qualidade’ pertencem a uma rede de distribuição de drogas para ‘clientes VIPs’, por meio de traficantes e fornecedores”, confirmou o delegado Mario Souza, diretor de Investigações. Os “clientes VIPs” são usuários de classe média-alta de Porto Alegre. Segundo Souza, as investigações sobre o caso prosseguem.

Leia mais:  Mais de 3,3 milhões de contribuintes recebem hoje restituição do IR