Brigada Militar é destaque na formação de pilotos e instrutores de voo

Desde 2004, o Centro de Formação Aeropolicial da BM forma pilotos e instrutores. Foto: Éverton Ubal/PM5

No Brasil, existem apenas três escolas de aviação vinculadas às organizações policiais com autorização da Secretaria Nacional de Aviação Civil (Anac) para funcionamento. Uma delas é gaúcha. Desde 2004, o Centro de Formação Aeropolicial (CFAer) da Brigada Militar (BM),  com sede em Capão da Canoa, no Litoral Norte, forma pilotos e instrutores.

A estrutura conta com dois aviões e dois helicópteros, sendo um avião monomotor de instrução básica e outro multimotor para instruções avançadas e voos por instrumento. O efetivo é formado por dois pilotos instrutores e cinco praças tripulantes. Oferece cursos para três tipos de aeronaves: Koala, Schweizer e Esquilo, sendo que, para cada uma, é necessária uma instrução específica.

O CFAer forma pilotos e instrutores, em nível básico, avançado e operacional; e formação inicial de piloto comercial, piloto policial, privado e voo por instrumento.

Leia mais:  MPF discute possível fraude em exames pré-câncer em Pelotas