O adeus a Koff

Políticos, treinadores e clubes se solidarizam com morte de Fábio Koff

´Renato Gaúcho com Fábio Koff. Foto: Reprodução

A notícia da morte do ex-presidente do Grêmio Fábio André Koff deixou o futebol brasileiro de luto. Ele faleceu no Hospital Moinhos de Vento, onde estava internado. “Foi como um pai para mim e sempre disse isso a ele. E a todos que me perguntam sobre a nossa relação. Tenho certeza de que ele nos deixa muito satisfeito com tudo que o Grêmio tem feito dentro de campo”, disse o técnico Renato Gaúcho.

O governador José Ivo Sartori lamentou o falecimento do ex-presidente do Grêmio. “O Rio Grande amanheceu triste. Perdemos Fábio Koff, um grande amigo e memorável dirigente da história do futebol gaúcho e brasileiro, presidente do Grêmio, referência na gestão esportiva, respeitado por todas as torcidas. Nosso carinho e solidariedade aos familiares e amigos”, disse.

O prefeito de Porto Alegre, Nelson Marchezan Júnior, também manifestou seu pesar. “Lamento o falecimento de Fábio Koff. Ele deixa o legado de trajetória vitoriosa, no esporte e na vida pública, que conquistou reconhecimento nacional pela atuação como gestor e admiração dos gaúchos. Minha solidariedade a família, amigos e torcida tricolor.”

A senadora Ana Amélio disse que o futebol perdeu um grande dirigente. “O futebol gaúcho e brasileiro perdeu hoje um grande e vitorioso dirigente: Fábio Koff! Comandou o Grêmio em grandes conquistas e no Clube dos 13 teve papel relevante no calendário esportivo e nas relações com a CBF! Pêsames ao Grêmio e à família!”

Ex-treinador do Grêmio e amigo pessoal, o treinador Luiz Felipe Scolari também lamentou a morte do ex-dirigente gremista. Foi com Fábio Koff no comando que o treinador gaúcho conquistou diversos títulos a frente do Grêmio e retornou ao tricolor em 2014. Juntos, venceram dois Campeonatos Gaúchos, um Campeonato Brasileiro, uma Copa do Brasil, uma Libertadores e uma Recopa Sul-Americana.

“Lamento profundamente o falecimento do Dr. Fábio Koff, que, como dirigente, amigo e pai, deixou uma marca na minha vida. Aprendi muito com sua convivência, que me fez crescer como pessoa e profissionalmente. Expresso, por isso, a mais profunda gratidão por todos momentos vividos ao seu lado. As minhas condolências à família Koff”, ressaltou.

Confira as manifestações de solidariedade dos clubes em relação a morte de Fábio Koff: