Na zona Norte

BM descobre “fábrica” de clonagem de placas em Porto Alegre

Foto: Brigada Militar / Divulgação

Policiais militares descobriram, durante ação na madrugada desta terça-feira (10), uma “fábrica” clandestina de placas em Porto Alegre. Ao menos 270 identificações automotivas falsas foram apreendidas durante a ação, que ocorreu na zona Norte.

A BM descobriu a fábrica após abordar um Toyota Etios, que tinha placas clonadas. O veículo transportava mais de um quilo de maconha na avenida Sertório. O motorista do carro foi preso. Com ele foi encontrada a chave de uma Ford EcoSport.

Pouco tempo depois, os policiais encontraram a caminhonete, que havia sido roubada na zona Norte. Durante depoimento, o criminoso indicou onde conseguiria as placas falsas para clonar a EcoSport e seguir rodando com o carro.

A “fábrica” das placas clonadas ficava em um apartamento na Travessa Américo Silveira, no bairro Cristo Redentor. No local foram diversos aparelhos usados para a confecção de placas, como prensas hidráulica e elétrica, furadeira e moldes de chapa, de letras e de números.

Leia mais:  Inflação pelo IPC-S desacelera na segunda semana de julho

Também foram encontradas anotações da comercialização das placas fraudadas. Três celulares, 29 rádios comunicadores e R$ 732 foram apreendidos. O caso foi encaminhado para a Delegacia de Polícia. Um inquérito foi aberto para investigar os crimes.