Polícia prende homem suspeito de matar e enterrar o corpo da ex-companheira

Os crimes teriam ocorrido porque o suspeito não aceitava o novo relacionamento que a vítima estava tendo. Foto: Polícia Civil/Divulgação

Um homem suspeito de feminicídio e ocultação de cadáver foi preso preventivamente pela Polícia Civil, no município de Biguaçu, em Santa Catarina. Os crimes ocorreram na última quarta-feira (02), no bairro Sarandi, em Porto Alegre. A ação da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam) de Porto Alegre ocorreu contou com o apoio de policiais civis de Biguaçu/SC.

De acordo com a delegada Tatiana Barreira Bastos, a vítima, de 37 anos, era ex-companheira do preso e estava desaparecida desde o último dia 02, quando saiu de casa para encontrar o mesmo. “O indivíduo confessou a prática dos crimes, relatando que marcou o encontro com a vítima e levou em seu veículo duas facas, gasolina e uma pá que seriam utilizadas para matar e enterrar a mulher”, relatou a delegada.

O homem encontrou a ex-companheira próximo a um lixão e desferiu mais de 20 facadas entre o peito, rosto e costas da vítima. “Após os golpes de faca, o indivíduo ateou fogo na mulher, que ainda estava viva, enterrou o corpo em um local de difícil acesso, e fugiu em seu carro”, completou Tatiana.

Os crimes teriam ocorrido porque o suspeito não aceitava o novo relacionamento que a vítima estava tendo. Uma das facas utilizada pelo preso foi encontrada pela Polícia Civil em um matagal próximo ao local onde o corpo da vítima foi encontrado.