vitória importante

Inter vence fora de casa e termina rodada na zona da pré-Libertadores

Víctor Cuesta vibra com o gol que garantiu a vitória. Foto: Ricardo Duarte/Divulgação

O Inter venceu fora de casa em a partida que Leandro Damião marcou o seu centésimo gol com a camisa colorada. Na Vila Belmiro, o Inter venceu o Santos por 2 a 1, em confronto válido pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o time termina a rodada em quinto (com 19 pontos), na zona da pré-Libertadores.

O Santos tentou pressionar nos minutos iniciais, mas o Inter estava bem posicionado defensivamente e conteve o ímpeto dos donos da casa. E não demorou para que a equipe do treinador Odair Hellmann mostrasse as suas armas na Vila.

Aos 7 minutos, William Pottker roubou, com um carrinho, a bola dos pés de Vanderlei e chutou em cima do goleiro, ganhando um escanteio. Aos 15, Lucca concluiu e a bola passou pertinho da trave. Aos 19, Iago cruzou e Leandro Damião cabeceou, com perigo, à esquerda do gol santista. Aos 21 minutos, Damião escorou para Patrick, de dentro da área, finalizar por cima do travessão. Aos 28, Damião disparou uma bomba que acertou a rede pelo lado de fora.

Aos 31 minutos, Iago invadiu a área e foi derrubado por Renato. O árbitro marcou pênalti e os jogadores do Santos reclamaram bastante. Mas Leandro Damião cobrou com qualidade, anotando o seu centésimo gol com a camisa colorada.

Leandro Damião durante a cobrança de pênalti. Foto: Ricardo Duarte/Divulgação

O segundo tempo começou movimentado. Logo no início a arbitragem marcou um pênalti de Rodrigo Moledo sobre Gabriel. O próprio jogador bateu e igualou o marcador. O Inter nem pensou em se abater e foi letal na cobrança de bola parada.

Aos 8 minutos, Lucca cobrou falta e alçou a bola na área, onde o zagueiro Víctor Cuesta saltou de forma soberana para marcar o segundo gol colorado, 2 a 1. Após o gol, Lucas Veríssimo foi expulso por reclamação. Mas nos minutos finais parecia que era o Inter que estava com um jogador a menos e segurou a pressão do Santos.

“Vitória importante, a gente estava merecendo. É o reconhecimento do trabalho que tem sido feito”, ressaltou Edenilson, ao conversar com os jornalistas na zona mista. “Mesmo depois de sofrer o gol de empate, fizemos o segundo e passamos a controlar o jogo, tivemos chance de ampliar”, disse o lateral Fabiano, que entrou no lugar de Zeca, lesionado.

O Inter recebe o Vasco da Gama na quarta-feira, às 21h45, na última partida antes da paralisação do campeonato por 30 dias por conta da disputa da Copa do Mundo da Rússia.