Torcedor do Grêmio condenado por abuso sexual na Arena está proibido de comparecer ao estádio

Foto: Vitor de Arruda Pereira/Agora no RS

O torcedor do Grêmio que foi flagrado, denunciado, julgado e recebeu pena por passar a mão nas nádegas de uma mulher antes do início da partida do Grêmio contra o Cerro Porteño, pela Libertadores, na última terça-feira, está proibido de comparecer ao estádio.

Ele foi encaminhado para o Juizado do Torcedor e Grandes Eventos, acabou punido por importunação ofensiva ao pudor e ficará suspenso por 12 jogos do clube. Desta forma, o homem que também tentou beijar a torcedora à força, terá que se apresentar na delegacia de Passo Fundo nos próximos 12 compromissos do Grêmio. Nova audiência foi marcado para o dia 6 de junho.

Um grupo de torcedores que acompanha os jogos do Grêmio em um setor da Arena pretende ingressar na Justiça contra o agressor, eles pretendem pedir a expulsão dele do quadro social do Grêmio.

Leia mais:  Falta de profissional qualificado afeta mercado de startups