Libertadores da América

Em jogo com final emocionante, Grêmio vence na Venezuela e está nas oitavas

Fotos: Lucas Uebel/Grêmio

O Grêmio foi à cidade de Maturín na Venezuela e, para vencer o Monagas, precisou enfrentar problemas de lesão em seus jogadores, um campo muito irregular que dificultou o toque de bola, e também um jogo cheio de reviravoltas em seu final. A partida foi válida pela 5ª rodada da primeira fase da Libertadores da América e o resultado, aliado à vitória do Cerro Porteño no mesmo grupo, confirmou a classificação do tricolor para as oitavas de final. Ramiro abriu o placar, Kannemann marcou contra aos 47 do segundo tempo e Jaílson, de pênalti, garantiu a vitória aos 51 minutos.

Renato poupou jogadores que não tinham boas condições físicas para atuar. O capitão Maicon e o camisa 7 Luan ficaram de fora e a lista de desfalques ainda contou com os lesionados Léo Moura, Arthur, Éverton e Jael. Para dificultar um pouco mais a vida do tricolor, Alisson sentiu dor muscular logo aos 10 minutos da primeira etapa e deu lugar a Maicosuel.

Com o time bastante modificado, a mecânica de jogo mais do que conhecida da equipe gaúcha ficou prejudicada. O meio campo tentava trocar passes e envolver o fraco time do Monagas, mas, além das substituições, o campo em péssimas condições não propiciava jogadas rápidas e toques de primeira.

Dessa forma os venezuelanos tiveram momentos de posse de bola, rondaram algumas vezes a área gremista, e tiveram pelo menos duas ótimas chances de marcar. Marcelo Grohe fez duas defesas muito difíceis em conclusões de dentro da área.

Mas a superioridade gremista se fez presente também e, fora o primeiro gol, os comandados de Portaluppi quase marcaram em duas chances criadas por Cícero. Na primeira etapa ele cobrou falta na trave e, no segundo tempo, chutou forte de fora da área, obrigando o goleiro a fazer importante defesa.

Quando tudo parecia definido, o Monagas avançou pela esquerda e, em um cruzamento rasteiro para a área, o zagueiro Kannemann marcou contra aos 47 minutos, praticamente no último lance de jogo. Os venezuelanos ainda comemoravam quando o Grêmio foi à frente e Cícero foi derrubado dentro da área ao tentar cabecear. Jaílson bateu e marcou.

A vitória, que acabou sendo muito mais complicada do que se imaginava, fez o tricolor permanecer na primeira posição do grupo 1, agora com 11 pontos contra 10 do Cerro Porteño. Ambas equipes estão classificadas para as oitavas de final, restando saber quem será o líder do grupo. A próxima partida gremista na competição será na Arena contra o Defensor, do Uruguai.