AUSÊNCIAS

Grêmio terá desfalques contra o Defensor mas quer confirmar liderança no grupo

Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Em treinamento fechado realizado na tarde desta terça-feira no CT Luiz Carvalho, o Grêmio encerrou a preparação para enfrentar o Defensor, do Uruguai, na última rodada da fase de grupos da Libertadores.

O técnico Renato Portaluppi não permitiu a entrada de jornalistas para registrar a atividade e, após o trabalho, confirmou três ausências no grupo que concentra para o jogo. O lateral esquerdo Bruno Cortez será preservado por conta de desgaste físico, o centroavante Jael permanece fora em virtude de dores na coxa e Hernane Brocador, que seria opção para o comando de ataque, não apresenta boas condições por vir de longo tempo parado.

Como André não está inscrito na competição, o treinador terá que improvisar no setor. O mais cotado para assumir a posição é o garoto Thonny Anderson, mas Renato pode recorrer à escalação de Cícero mais adiantado, como ocorreu nas primeiras partidas da temporada.

O meia Maicosuel ainda não correspondeu às expectativas da torcida e pode perder lugar para Lima, que entrou bem contra o Paraná pelo Brasileirão, no último domingo. Mas o comandante gremista só vai anunciar a escalação do time minutos antes do jogo.

O Grêmio enfrenta o Defensor amanhã às 19h15, na Arena,  em busca de uma vitória para garantir o primeiro lugar no grupo 1 da Libertadores e, ainda, poder ser o segundo classificado na tabela geral da competição. No mesmo horário, o Cerro Porteño encara o Monagas em casa. Os paraguaios, assim como o Tricolor, já estão classificados para as oitavas de final, e também lutam pela ponta do grupo.