Libertadores: Grêmio volta com um ponto do Paraguai

Renato Gaúcho escalou um time com algumas modificações. Foto: Lucas Uebel/Divulgação

O terceiro jogo do Grêmio pela fase de grupos da Libertadores da América ocorreu no Estádio Nueva Olla em Assunção, no Paraguai. A equipe do técnico Renato Gaúcho encarou o Cerro Porteño, líder do seu grupo e empatou em 0 a 0. Com o resultado, o tricolor gaúcho fica na segunda posição do grupo (com cinco pontos).

Para o confronto contra o time paraguaio, Renato escalou um time com algumas modificações. Léo Moura foi poupado, dando assim lugar a Madson na lateral direita. No meio-campo, Jailson iniciou a partida na posição de Maicon. Como no último jogo, Luan seguiu ausente, devido a uma fascite plantar (Cícero foi seu substituto).

A partida foi movimentada, com as duas equipes imprimindo um intenso ritmo de jogo. O Cerro Porteño adiantou sua marcação, atacou por mais vezes, criando as melhores chances. Pouco depois da metade do primeiro tempo, o Grêmio passou a criar, mas a defesa adversária não deu espaços.

Aos 36 minutos do primeiro tempo, o time gaúcho reclamou de um pênalti  após Everton ser derrubado dentro da área por Marcos Cáceres, que aplicou um carrinho no atacante. Na etapa complementar, o Grêmio passou a dominar mais as ações. Aos 5 minutos, depois de uma cobrança de escanteio, Geromel (que foi escolhido o melhor em campo) acertou a trave paraguaia, foi por detalhe que não abriu o marcador.

“Jogamos para vencer, nem sempre dá. Mas temos 5 pontos. Nossa classificação está bem encaminhada, primeiro vamos buscar a classificação, depois o primeiro lugar da chave”, ressaltou o técnico gremista na coletiva.  “As equipes que nos enfrentam, não atuam contra o Grêmio, atuam contra o atual campeão da Libertadores, jogam com uma vontade diferente”, completou.