André marca na estreia e Grêmio começa o Brasileirão com vitória fora de casa

Foto: Lucas Uebel/Grêmio

O Grêmio começou sua caminhada no Brasileirão com uma vitória sobre o Cruzeiro, no Mineirão, graças ao centroavante André, que em sua estreia pelo tricolor marcou o gol.

Renato Portaluppi fez três modificações no time para começar a disputa nacional. Além da saída de Jael para a estreia de André, Luan foi preservado dando lugar à Cícero e o zagueiro Ceromel, com uma virose, ficou de fora para a entrada de Paulo Miranda.

Mesmo jogando for de casa contra um dos candidatos ao título brasileiro, as modificações não fizeram o Grêmio perder o estilo de jogo de troca de passes e muita movimentação dos jogadores do meio como Maicon, Arthur e Ramiro. Além disso, Éverton era o responsável por levar perigo à defesa mineira, principalmente pelo lado esquerdo de ataque.

Em dado momento da primeira etapa, o tricolor acumulava 70% de posse de bola mas o Cruzeiro estava bem na marcação, fechando os espaços criados e dificultando bastante o avanço dos gaúchos. Por outro lado, o time de Mano Menezes errava muitos passes na saída em contra-ataque e não causou muitas preocupações a Marcelo Grohe.

Se no toque de bola o Grêmio não conseguia chegar ao gol,  Ramiro resolveu avançar pela direita como um lateral, função que já exerceu muito bem, e cruzou forte para a área aos 9 minutos do segundo tempo. No primeiro poste Éverton raspou de cabeça e, na segunda trava, André se jogou para empurrar a bola pra dentro e marcar seu primeiro gol com a camiseta tricolor. Na jogada seguinte o Cruzeiro teve uma boa oportunidade de empatar, com Thiago Neves, em lance que terminou nas mãos de Grohe.

Aos 27 minutos, o Cruzeiro avançou perigosamente e a bola foi lançada pela esquerda para Arrascaeta, em alta velocidade, disputar o lance com Kannemann. O uruguaio cruzeirense foi mais rápido que o argentino gremista e avançaria área a dentro não fosse o carrinho faltoso do zagueiro. O árbitro não teve dúvidas e deu cartão vermelho, expulsando Kannemann.

Renato, que já havia tirado Maicon, cansado, para colocar Jaílson, se viu obrigado a reconstruir a defesa e mandou Bressan a campo, tirando André da partida. Perto do final, o treinador ainda tirou Éverton de campo e colocou o volante Michel, fechando o time e garantido a ótima estreia no Campeonato Brasileiro.