Coca-Cola FEMSA Brasil lança Fanta em embalagens retornáveis

Opção gera economia ao consumidor, que paga só pelo liquido. Foto: Divulgação

Os consumidores gaúchos acabam de ganhar uma nova opção para economizar na hora de levar seu refrigerante para compartilhar com a família. Na verdade não apenas uma, mas três. A Coca-Cola FEMSA Brasil, maior engarrafadora de produtos Coca-Cola no mundo em volume de vendas, acaba de lançar para o mercado do Rio Grande do Sul os três sabores de Fanta em embalagens RefPET retornáveis. Além da Coca-Cola sabor original, que já estava disponível na opção de embalagem de 2 litros retornável, os consumidores ganham a opção de levar Fanta nos sabores laranja, uva ou guaraná.

As novas embalagens proporcionam um hábito de compra em que o consumidor leva a sua garrafa vazia e troca por uma cheia de qualquer um dos sabores disponíveis, pagando apenas pelo líquido a partir da segunda compra. A iniciativa reduz o descarte e oferece ao consumidor opções mais rentáveis, acessíveis e sustentáveis.

”Ao reutilizar a RefPET 2 litros retornável, o cliente paga apenas R$ 4,29 (preço sugerido) para levar outra cheia para casa. Para garantir o reaproveitamento das embalagens, elas passam por um rigoroso sistema de higienização e seleção, com a finalidade de manter o alto nível de qualidade dos requisitos da Coca-Cola Brasil. A novidade já pode ser encontrada nos principais pontos de venda de todo o Estado.

“A sustentabilidade é um dos pilares fundamentais da nossa política de negócio e estamos trabalhando e investindo para alcançarmos o compromisso firmado pela companhia de oferecer um destino correto para todas as embalagens colocadas pela empresa no mercado até 2030. As embalagens retornáveis terão um papel fundamental e serão importantes aliadas nesse processo”, destaca Wanessa Scabora, Gerente de Comunicação Externa e Sustentabilidade da Coca-Cola FEMSA Brasil.

A Sustentabilidade e o compromisso com o Meio Ambiente

O lançamento de novas embalagens está em linha com a recém divulgada política de embalagens da The Coca-Cola Company que tem um objetivo ambicioso: ajudar a recolher o equivalente a 100% das embalagens que coloca no mercado, até 2030, em todo o mundo. A Coca-Cola Brasil vai chegar ao fim de cinco anos (2016-2020) com investimento de R$1,6 bilhão para garantir a entrega dessa meta. A estratégia de embalagens sustentáveis conta com uma visão completa da cadeia produtiva. Entre as iniciativas do Sistema Coca-Cola Brasil, as ações de reuso de embalagens estão voltadas para o objetivo de dobrar, em cinco anos (2016-2020), a participação de retornáveis no portfólio, chegando a 30%. Hoje, cerca de 20% do portfólio é composto por embalagens retornáveis (RefPET e vidro). Esse formato oferece ao consumidor uma opção mais acessível e sustentável, uma vez que cada garrafa é reutilizada até 25 vezes, e não gera resíduos ao final de seu ciclo de uso.