Tecon Rio Grande registra crescimento na importação de cargas do setor automotivo

Aumento foi de 14% nos três primeiros meses do ano em relação ao mesmo período de 2017. Foto: Divulgação

O Tecon Rio Grande, terminal de contêineres do Grupo Wilson Sons, registrou crescimento de 26% na importação entre janeiro e março em comparação a igual período de 2017. O aumento é relacionado principalmente à movimentação de cargas do setor automotivo, que apresentou alta de 14% nesses três meses ante o primeiro trimestre do ano passado.

“As vendas e a produção automobilística têm avançado e os fabricantes estão mais otimistas em 2018. O setor automotivo tem grande importância para o Tecon Rio Grande, que está preparado para atender a essa demanda”, afirma o diretor-presidente do terminal Paulo Bertinetti. Ele destaca ainda que alguns importadores já estão utilizando a navegação interior para transportar suas cargas de Rio Grande às fábricas.

No primeiro trimestre, a indústria automobilística brasileira produziu 699,7 mil veículos, uma expansão de 14,6% em relação a igual período de 2017, de acordo com dados a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea). Em março, 267,5 mil unidades saíram das linhas de montagem, representando aumento de 25,3% ante o mês anterior e de 13,5% em comparação a março de 2017.

Exportação

Na exportação, os destaques do trimestre foram o frango congelado (+75%) e o tabaco (+68%). No total, somando cargas de exportação e importação, o terminal apresentou crescimento de 10% nos três primeiros meses de 2017 em relação ao mesmo período de 2018.

Com mais de 20 anos de atuação, o Tecon Rio Grande é hoje um dos mais importantes terminais de contêineres da América Latina. Opera as principais linhas de navegação que escalam o País e atende a cerca de três mil importadores e exportadores.