Previdência Privada: última semana para informar contribuição ao PGBL na declaração do IR

Quem tem um plano de previdência privada PGBL consegue deduzir até 12% da sua renda. Foto: Divulgação

O prazo para entregar o documento e prestar contas ao Leão termina no dia 30 de abril. Quem tem um plano de previdência privada modalidade PGBL consegue deduzir as contribuições e aportes feitos ao plano em até 12% da sua renda bruta anual tributável, caso opte pela declaração de Imposto de Renda completa.

Somente esse tipo de aplicação possui incentivo fiscal e possibilita que o cliente obtenha vantagens desse investimento em abril, quando é necessário entregar o IR. “É importante esclarecer também que a modalidade PGBL é indicada para uma aplicação dos recursos em longo prazo. Isso porque as taxas em geral diminuem com o tempo”, explica Fernanda Pasquarelli, Diretora de Vida, Previdência e Investimentos da Porto Seguro.

Já para quem faz a declaração de imposto de renda de forma simplificada ou é isento, a melhor opção de previdência privada é a modalidade VGBL. Embora essa alternativa não seja dedutível do Imposto de Renda, a tributação feita no momento do recebimento do resgate da reserva será apenas sobre o rendimento ao longo do tempo e não sobre o valor total acumulado, como ocorre na modalidade PGBL.

Seja qual for a alternativa que melhor atenda o perfil do cliente, em um cenário em que a população está vivendo cada vez mais, é muito importante garantir uma renda complementar e poder desfrutar melhor esses anos. Seja para realizar conquistas, como comprar um imóvel, viajar, investir em um intercâmbio, ou apenas curtir a vida sem preocupações, esse é um dos meios mais seguros para alcançar essa realização.