Deve ventar em vários pontos do Rio Grande do Sul

Arte sobre foto de Maia Rubim/PMPA

Áreas de instabilidade associadas a uma baixa pressão e a formação de uma frente fria, provocam pancadas de chuva na fronteira oeste do Rio Grande do Sul.

As pancadas mais significativas devem avançar por parte do noroeste e campanha. Nesta sexta-feira as pancadas seguem avançando, o destaque fica para o vento associado à passagem da baixa pressão atmosférica pelo Uruguai.

No sul, sobretudo litoral gaúcho, as rajadas de vento podem passar dos 80 km/h. Deve ventar em vários pontos do Estado. Em regiões como Pelotas o vento constante deve se aproximar dos 40 km/h e as rajadas podem passar dos 50 km/h. No litoral norte também há risco de rajadas fortes.

Com relação ao volume de chuva, ele diminui na sexta na maioria das regiões. O destaque fica para as áreas do setor norte onde estas pancadas do avanço frontal ainda podem ser volumosas. No sábado o vento continua em grande parte do litoral, com rajadas ainda entre 60 a 80 km/h.

Com menor intensidade também venta na metade leste gaúcha, mas a chuva diminui em praticamente todo o Estado. O vento passa a soprar com intensidade moderada no domingo, com apenas nebulosidade isolada e chuva fraca.

A temperatura cai gradativamente ao longo do final de semana e o vento além de forte também deve ser frio, o que causará uma sensação de temperatura mais baixa pelas regiões do Estado.