Biomassa

Empreendimento prevê investimento de R$ 1 bilhão para gerar energia sustentável

A produção consiste na fabricação de pellets em madeira e a cogeração de eletricidade a partir de biomassa. Foto: Reprodução

Um novo empreendimento para geração de energia sustentável a partir do uso de biomassa deve gerar emprego e renda na Região Sul do estado. O governador José Ivo Sartori entregou, nesta quarta-feira (4), licença prévia emitida pela Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) para empresa que vai se instalar no município de Pinheiro Machado. O documento, que atesta a viabilidade ambiental do projeto, deu entrada no Sistema Online de Licenciamento Ambiental há menos de seis meses.

O empreendimento da empresa Pellco prevê investimento de R$ 1 bilhão com a participação de empresas nacionais e estrangeiras. A produção consiste na fabricação de pellets em madeira e a cogeração de eletricidade a partir de biomassa (toras moídas, cascas/galhos e feixes de árvores e casca de arroz), visando a uma capacidade mensal de produção de 75 mil toneladas de pellets e cogeração de 50 MW de energia elétrica. A área a ser construída será superior a 112 mil metros quadrados. O pellet deve ser exportado para países como Japão e Estados Unidos, para ser queimado em caldeiras de usinas.

Leia mais:  Homem morre ao ser atropelado por ônibus na BR-116, em São Leopoldo

O processo para licenciamento deu entrada na Fepam no dia 31 de janeiro deste ano e foi analisado no Relatório Ambiental Simplificado, seguindo as premissas da Resolução Conama 279/2001, para empreendimentos de geração termoelétrica com impacto ambiental de pequeno porte. O projeto da Pellco deve beneficiar também a linha férrea da região, que pode ser reformada se aprovado o projeto.