Polícia Federal

Operação Duelo combate tráfico internacional de drogas

A investigação começou em 2016. Foto: Divulgação/PF

A Polícia Federal deflagrou nesta manhã (14) a Operação Duelo, com o objetivo de desarticular três grupos criminosos que atuam no tráfico internacional de entorpecentes no Paraná, mas com repercussão no estado do Rio Grande do Sul.

Cerca de 90 policiais federais cumprem 12 mandados de busca e apreensão e 12 mandados de prisão preventiva, nos estados do Paraná, Rio Grande do Sul e São Paulo.

No decorrer da investigação, iniciada em 2016, verificou-se a existência de três núcleos criminosos que, seja de maneira paralela, seja com interdependência, atuam no tráfico de drogas. Eles estão vinculados a apreensões de entorpecentes realizadas em diversas regiões do país. Alguns dos envolvidos nos delitos encontram-se, inclusive, cumprindo pena pela prática de outros crimes, em prisão domiciliar ou recolhidos ao sistema prisional.

Nas investigações, foram apurados indícios que demonstraram o modus operandi das três associações criminosas e o elo estável mantido entre seus integrantes para prática do crime de tráfico transnacional de entorpecentes. A droga, proveniente do Paraguai, era distribuída em diversos estados do país, por via terrestre ou aérea, em voos comerciais. Foi possível identificar a atuação destes grupos criminosos em fatos relacionados a apreensões de maconha e/ou de haxixe ocorridas em Foz do Iguaçu/PR, Céu Azul/PR, Gravataí/RS e no aeroporto de Guarulhos/SP.

A ação tem, dentre outros, o objetivo de reunir informações complementares sobre a prática dos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico, bem como acerca de eventual delito de lavagem de capitais, decorrente da movimentação dos valores auferidos com o tráfico.