Suspeitos de participação em chacina são presos em Porto Alegre

Os autores dos homicídios fazem parte de um grupo criminoso que controla o comércio de drogas. Foto: Polícia Civil/Divulgação

A Polícia Civil informou que prendeu preventivamente dois suspeitos de participação em uma chacina ocorrida no dia 29 de março, em Porto Alegre. Na ocasião, um grupo, de pelo menos quatro indivíduos, invadiu uma residência, localizada no bairro Humaitá, e matou os quatro moradores que estavam no local.

Segundo a delegado Roberta Bertoldo, da 2ª Delegacia de Polícia de Homicídios e Proteção à Pessoa, do Departamento Estadual de Homicídios e Proteção à Pessoa, os autores dos homicídios fazem parte de um grupo criminoso que controla o comércio de drogas em uma grande região do bairro Humaitá.

“As mortes estão relacionadas à disputa pela venda de entorpecentes na região. Foi apurado que as vítimas já haviam sido avisadas para não venderem mais drogas na região controlada pelos indivíduos, o que não ocorreu e motivou o crime”, explicou a delegada.

Para o chefe de polícia Emerson Wendt, as prisões dos envolvidos no crime contribuem para o enfraquecimento das facções criminosas, principais responsáveis pelo número de mortes no Rio Grande do Sul. “O combate aos homicídios é prioridade da Polícia Civil gaúcha e objetiva, dentro da estratégia desenvolvida, o aumento na resolução dos casos”, salientou Wendt.