Piratini envia para a Assembleia projeto de lei que altera o prazo para incluir plebiscito sobre estatais nas próximas eleições

Sartori fez anúncio ao lado de secretários. Foto: Reprodução

O governo do Estado anunciou nesta quarta-feira (25) o envio de um projeto de lei que modifica a legislação sobre o prazo para pedido de plebiscito. As três estatais são a CEEE, a CRM e a Sulgás. O projeto estabelece um novo prazo, de 90 dias, em vez dos 5 meses previstos na legislação atual.

A intenção é adequar à determinação do próprio Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que permite o mesmo prazo. O pedido de urgência para que seja votado o mais rápido possível para que haja mais tempo para apreciar a matéria.

Acompanhado de secretários e do vice-governador, o governador José Ivo Sartori criticou o fato da matéria não ter avançado até o momento, e também reafirmou a necessidade de investimentos nas companhias para que elas sigam viáveis.

Sartori disse ainda que desejam ouvir a população, e que está em jogo “um novo Estado”, moderno e eficiente, incentivador do desenvolvimento. Disse que não acredita que seja papel do Estado minerar e explorar carvão. Sobre a CEEE, relatou que a empresa pode até perder concessão se o cenário não mudar.

Afirmou que a Sulgás e a CEEE necessitam de investimentos que demandam de um aporte financeiro “impossível de o Estado realizar”, salvo se vier da iniciativa privada ou governo federal, para que o estadual possa priorizar saúde, educação, segurança, infra-estrutura, estradas e área social.