Projeto de estudantes gaúchos é premiado em feira científica na Itália

Leonardo e Amanda descobriram alternativa para corrigir distorções harmônicas em sistemas fotovoltaicos. Foto: Divulgação/Fundação Liberato

Os estudantes Leonardo Jung Kremer e Amanda Francielle Martins Ev, da Fundação Escola Técnica Liberato Salzano Vieira da Cunha, de Novo Hamburgo, receberam o Premio Speciale Della Giuria (Prêmio Especial do Júri), concedido na feira de ciências da Federazione Delle Associazioni Scientifiche e Tecniche (Federação das Associações Científicas e Técnica), na cidade de Milão, na Itália.

O evento foi realizado entre os dias 23 e 27 de março. Eles foram os ganhadores do Prêmio Indústria Jovem SinmaqSinos, na última edição da Mostratec.

O projeto apresentado pelos jovens cientistas consiste num estudo aprofundado sobre as maneiras viáveis de corrigir as distorções harmônicas em sistemas fotovoltaicos. A alternativa encontrada para as correções foi a projeção de um dispositivo eletrônico dimensionado em software. Para isso, foram necessários cálculos, simulações, medições, projeção de filtro e testes para a comprovação.

O trabalho é orientado pelo professor Diego Ramos Moreira.