Forno Alegre ligado!

Porto Alegre pode ter falta de água durante onda de calor

Baixo nível do Guaíba e alto consumo por causa do calor intenso são apontados como causas. Veja bairros que podem ser atingidos:

Compartilhe:
Crédito: Victor Caprioli de Freitas / Agora RS

A cidade de Porto Alegre pode ter falta de água no meio de uma intensa onda de calor. O alerta foi emitido pelo DMAE (Departamento Municipal de Águas e Esgotos) da Capital gaúcha. Os motivos apontados pelo departamento são a falta de chuva consistente, que baixou o nível do Guaíba, e o aumento de consumo, causado pelas altas temperaturas.

No início da tarde deste sábado, o nível do Guaíba se encontra na marca dos 0,40 metros. O patamar baixo afeta a captação de água na região da Estação de Tratamento Belém Novo, responsável pelo abastecimento dos bairros da Zona Sul, Extremo Sul e parte da Lomba do Pinheiro.

Conforme o DMAE, as localidades mais elevadas da cidade, como a região do Morro da Cruz, são as mais propensas a serem atingidas por baixa pressão e desabastecimento neste sábado.

No Morro da Cruz, a água é bombeada para uma altura de até 240 metros acima do nível do Guaíba. Por causa disso, o órgão municipal está com uma operação de caminhões-pipa para injetar água nos reservatórios e conseguir manter o nível. Além disso, os caminhões estão na região abastecendo as caixas d’água dos moradores.

Bairros que poderão sofrer baixa pressão ou desabastecimento em Porto Alegre

Agronomia, Vila dos Sargentos, Partenon, Cel. Aparício Borges, Vila São José, Vila Vargas, Aberta dos Morros, Belém Novo, Belém Velho, Boa Vista do Sul, Campo Novo, Cascata, Chapéu do Sol, Espírito Santo, Extrema, Hípica, Ipanema, Lageado, Lomba do Pinheiro e Restinga.

Quer receber notícias no WhatsApp?
Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Compartilhe:
error: