LITORAL NORTE

Motorista de aplicativo é sequestrado após atender chamado para corrida, em Tramandaí

Sequestro ocorreu na tarde de ontem (6). Dois adolescentes foram apreendidos já à noite

Compartilhe:
Foto: PRF/Divulgação

Um homem de 55 anos foi sequestrado enquanto prestava serviço de transporte por aplicativo, na ERS-030, em Tramandaí, no Litoral Norte. O fato ocorreu após ele atender uma corrida na terça-feira (6).

Segundo relatos da PRF (Polícia Rodoviária Federal), eram quatro os sequestradores. Eles colocaram a vítima no porta-malas do C3 em que ela trabalhava e partiram pela Freeway em direção a Porto Alegre. Ainda conforme a PRF, o objetivo era que, sendo levado para outra cidade, o proprietário do veículo não teria como procurar a polícia.

Ao chegarem na região do Pedágio de Santo Antônio da Patrulha, contudo, a vítima conseguiu abrir o porta-malas e escapar em busca de socorro, relatou mais tarde uma equipe da Polícia do Exército. A reação dos suspeitos foi acelerar o carro para fora da pista e, em seguida, deixá-lo no local e correr em direção à mata.

Um helicóptero do Batalhão de Aviação da Brigada Militar prestou apoio nas buscas – Foto: Brigada Militar/Divulgação

Foi quando começou um cerco na busca dos sequestradores. Atuaram em conjunto PRF (Polícia Rodoviária Federal), a Brigada Militar e a Polícia do Exército, que havia presenciado o momento de libertação do indivíduo. Um helicóptero do Batalhão de Aviação da Brigada Militar sobrevoou o local, em apoio à ação policial do 8º BPM e PRF.

Dois adolescentes, de 16 e 17 anos, foram capturados. Mais tarde eles foram reconhecidos pelo homem vítima de sequestro, que estava ileso. Os outros dois suspeitos ainda não foram encontrados.

Foto: PRF/Divulgação

No carro, a Polícia encontrou um simulacro de arma de fogo junto com a identidade de um dos criminosos.  Os menores foram apreendidos e levados, junto com objetos encontrados no C3, para a Delegacia de Santo Antônio da Patrulha.

Quer receber notícias no WhatsApp?
Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Compartilhe:
error: