Urbanização

Leilão do Cais Mauá ocorre nesta terça com uma empresa concorrente

A abertura da proposta será em São Paulo, na B3. Evento terá a presença do governador Eduardo Leite.

Compartilhe:
Armazéns do Cais Mauá. Foto: Joel Vargas/PMPA

O governo do Estado confirmou o leilão para conceder o Cais Mauá à iniciativa privada ocorrerá nesta terça-feira (6). A abertura da proposta será em São Paulo, na B3 – a antiga iBovespa –, em evento marcado para às 10h, com a presença do governador Eduardo Leite.

Apenas um consórcio apresentou na concessão. Mas se engana quem acha que é certa a concessão do bem público com apenas uma empresa concorrente. Para que o leilão ocorra de fato, o consórcio precisa apresentar a documentação necessária nesta terça-feira (6), além da proposta em si. Caso tudo esteja em conformidade, o departamento jurídico do governo irá analisar se a empresa cumpre os requisitos exigidos no edital.

O trecho a ser concedido vai da Usina do Gasômetro até a Estação Rodoviária de Porto Alegre, com extensão de três quilômetros e área de 181,2 mil metros quadrados. O vencedor da licitação terá o compromisso de reestruturar o patrimônio histórico (armazéns tombados e pórtico central) e revitalizar as docas nos cinco primeiros anos de concessão.

A parceria público-privada tem o objetivo de promover o desenvolvimento sustentável e o resgate da relação histórica do local com o Guaíba. O período da concessão do Cais Mauá será de 30 anos, com investimentos previstos de R$ 353,3 milhões para a ampla revitalização e qualificação do local.

Ao todo, são 12 armazéns e três docas, as quais poderão ser utilizadas para edificações de uso residencial ou corporativo. A livre circulação para as pessoas está garantida e será proibida a cobrança de ingresso para acessar o cais a pé. Outros detalhes serão apresentados após o leilão.

Quer receber notícias no WhatsApp?
Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Compartilhe:
error: