Banco gaúcho

Banrisul fecha 2023 com lucro líquido de R$ 871 milhões

O crescimento do Banrisul foi de 11,5% na margem financeira em 12 meses. A carteira do banco é composta por 4,3 milhões de clientes.

Compartilhe:
Sede do Banrisul em Porto Alegre. Foto: Leonardo Severo/Agora RS

O Banrisul (Banco do Estado do Rio Grande do Sul S.A.) divulgou nesta sexta-feira (9) os resultados do quarto trimestre e o consolidado geral do ano de 2023. O evento contou com a presença da alta diretoria e executivos do banco e do vice-governador Gabriel Souza (MDB).

O presidente do Banrisul, Fernando Lemos, apresentou os dados da instituição, que obteve líquido de R$ 871,1 milhões. Em 12 meses, o crescimento foi de 11,5% na margem financeira. A carteira do banco é composta por 4,3 milhões de clientes.

No quarto trimestre, o lucro líquido cresceu R$ 304 milhões. O movimento foi de recuperação em relação aos trimestres anteriores. Lemos apontou que o balanço positivo se deu pela melhoria na tesouraria, com aumento da lucratividade.

Segundo o Banrisul, o desempenho do ano reflete o crescimento da margem financeira, o incremento da carteira de crédito e o aumento das receitas de prestação de serviços e tarifas bancárias. Um dos movimentos feitos nesse sentido foi uma “força-tarefa” para a realização de acordos financeiros com clientes endividados.

Com essa abertura para renogociação de valores, o banco conseguiu reduzir o índice de inadimplência total de 2,8% em junho de 2023 para 2,6% em dezembro. A taxa de pessoas físicas em situação de endividamento, que havia saltado de 1,5% para 1,9% entre dezembro de 2022 e setembro de 2023, recuou para 1,8% em dezembro. Entre as emrpesas, a inadimplência encerrou 2022 com 1,6%, saltou para 2% em junho de 2023 e se manteve estável em dezembro de 2023.

Os recursos captados e administrados totalizaram R$ 95,9 bilhões. O crescimento frente a dezembro de 2022 foi de 9,1%, com destaque os recursos em letras de crédito.

Banrisul faz investimentos em tecnologia

Para manter o objetivo de melhorar a experiência do cliente, que foi anunciado na posse da nova diretoria, o Banrisul investiu na troca de 12 mil computadores da rede de agências. Ao todo, estão sendo substituídos 10.551 computadores e 941 notebooks do Parque de Equipamentos.

Com a mudança dos hardwares, a instituição financeira busca oferecer uma experiência mais ágil para os funcionários e para os seus clientes. Ainda como diretriz, o banco está fazendo o reaproveitamento dos terminais eletrônicos desativados. Desta forma, entidades serão beneficiadas por meio da destinação dos equipamentos ou redução do risco social de públicos vulneráveis.

O presidente Fernando Lemos ainda afirmou que o Banrisul está em processo para a modernização dos ATMs (Automated Teller Machine, os populares caixas eletrônicos). No entanto, ainda não há previsão de quando a nova geração de equipamentos vai chegar às agências.

Quer receber notícias no WhatsApp?
Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Compartilhe:
error: