Vida Off-line

Rio Grande do Sul tem mais de 700 mil clientes seguem sem luz após tempestade

Pela manhã, mais de 1,1 milhão de unidades consumidoras estavam desconectadas. 

Compartilhe:

Mais de 700 mil clientes seguem com o fornecimento de energia afetado no Rio Grande do Sul após o forte temporal da noite de terça-feira (16). Pela manhã, mais de 1,1 milhão de unidades consumidoras estavam desconectadas.

Na área da CEEE Equatorial, são 270 mil unidades consumidoras desabastecidas. A região metropolitana de Porto Alegre é a mais afetada. Profissionais de outras distribuidoras do Grupo Equatorial desembarcarão em Porto Alegre para reforçar as equipes que trabalham no restabelecimento das redes afetadas pelo temporal.

A mobilização só será interrompida após a normalização do fornecimento de energia para 100% dos clientes, diz a concessionária. A CEEE Equatorial pede que a população não mexa em postes ou cabos derrubados, acionando a concessionária ao avistar estes equipamentos.

Na área da RGE Sul, são 459 mil clientes com o fornecimento interrompido, conforme levantamento do meio-dia. A região mais atingida também é a metropolitana.

Como entrar em contato com a CEEE Equatorial

Mais informações podem ser obtidas por meio dos seguintes canais de comunicação:
– Site: https://ceee.equatorialenergia.com.br/
– Tel.: 0800 721 2333
– Para falta de energia, SMS 27307, que deve ser preenchido com a palavra LUZ e o número da UC (Unidade Consumidora), encontrado no canto superior direito da fatura de energia;
– Whatsapp Clara (51) 3382-5500, para solicitar religação e informar falta de energia (basta adicionar o telefone à sua lista de contatos).

Atendimento da RGE Sul

  • SMS: Se o problema for falta de energia, envie um SMS com o SEU CÓDIGO (que consta na conta de energia elétrica) para o número 27350.
  • WhatsApp: (51) 9 9955-0002.
  • Site: www.rge-rs.com.br
  • App: CPFL Energia (disponível para Android e iOS).
  • Call Center: 0800 970 0900.

Quer receber notícias no WhatsApp?
Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Compartilhe:
error: