12 AUTÓCTONES

Porto Alegre já registra 15 casos de dengue em 2024

Na comparação com o balanço de 2023, verifica-se um aumento relevante de notificações de casos suspeitos

Compartilhe:

Porto Alegre contabiliza 15 casos de dengue neste ano, dos quais 12 foram contraídos na cidade (casos autóctones). Os dados estão no boletim epidemiológico, publicado nesta sexta-feira (26), pela Diretoria de Vigilância em Saúde da SMS (Secretaria Municipal de Saúde).

Esta última publicação apresenta informações cumulativas até a semana epidemiológica 3 de 2024 (dados de 31/12/2023 a 20/01/2024). O total de casos suspeitos notificados à Equipe de Vigilância de Doenças Transmissíveis chega a 394 no período.

A partir dos dados apresentados no Boletim 2/24 – com o balanço de 2023 – verifica-se um aumento relevante de notificações em relação ao ano passado, quando foram 65 suspeitas notificadas à EVDT, com quatro casos confirmados no mesmo período.

Dos casos confirmados em 2024, oito estão na faixa etária dos 41 a 50 anos e 53% dos pacientes são do sexo feminino. Os principais sintomas (em 73% dos casos) relatados pelos doentes foram febre, mialgia (dor no corpo) e cefaleia (dor de cabeça).

Os casos estão distribuídos em 13 bairros: Restinga, Lami, Tristeza, Cristal, Vila Nova, Centro Histórico, Bom Fim, Azenha, Petrópolis, Vila Ipiranga, Morro Santana, Passo D’Areia e São João.

O boletim

O Boletim Epidemiológico é uma publicação prevista no Plano de Contingência da Dengue, Zika e Chikungunya da SMS. Ele tem periodicidade quinzenal quando acionado o Nível 2 de Resposta do Plano (infestação vetorial alta somada à ocorrência de casos acima do limite superior esperado para o momento). O nível de resposta atual é o Nível 2.

Em relação à infestação vetorial, a SE 3 (de 14 a 20/1) registrou índice de alerta. O monitoramento foi prejudicado no período em decorrência do temporal que atingiu a cidade.

Quer receber notícias no WhatsApp?
Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Compartilhe:
error: