reconstrução

Porto Alegre ainda tem mais de 80 pontos com bloqueios após temporal da semana passada

Segundo a EPTC, já foram liberadas 204 ruas e avenidas que apresentavam algum tipo de obstáculo.

Compartilhe:
Porto Alegre, RS, Brasil 22/01/2024. Crédito: Rodney Junior/SMSURB

O temporal foi na terça-feira da semana passada (16), mas segue impactando a qualidade de vida em Porto Alegre. O vento forte e a chuva intensa provocaram alagamentos, queda de árvores, de postes e deixaram mais de 280 pontos intrafegáveis na cidade.

Dados divulgados pela EPTC (Empresa Pública de Transporte e Circulação) apontam que ainda há 83 bloqueios de vias. São 28 ocorrências com bloqueio total por queda de árvores, 13 por postes ou fios caídos, além de 42 bloqueios parciais.

Foram liberadas 204 ruas e avenidas que apresentavam algum tipo de obstáculo. A Central de Atendimento ao Cidadão da EPTC encaminhou 3.195 chamados, desde 22h do dia 16 até as 12h de segunda-feira.

Dos 264 semáforos impactados em Porto Alegre pelo temporal da semana passada, 244 (92% do total) voltaram a operar após o retorno da energia. Os 20 semáforos que ainda estão fora de operação ficam nas zonas norte e leste.

O serviço público municipal registrou mais de 2 mil ocorrências registradas via 156 e por rondas das equipes da SMSUrb desde a terça-feira passada. No entanto, menos da metade – cerca de 900 – são consideradas concluídas.

A previsão é de que o trabalho de remoção se estenda pelos próximos 15 dias. Posteriormente, será feito o recolhimento final dos entulhos e galhos de árvores caídos.

Por meio do decreto de emergência, a prefeitura contratou mais profissionais pelo prazo de 21 dias. Eles se somam às 40 equipes da SMSUrb, 15 do DMLU e 30 soldados atuando nas ruas.

Quer receber notícias no WhatsApp?
Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Compartilhe:
error: