PROBLEMAS ESTRUTURAIS

Prefeitura de Porto Alegre atualiza situação da rede hospitalar após temporais

Foram registrados problemas de falta d’água e luz, assim como alagamentos, destelhamentos e queda no sistema de informação

Compartilhe:
Hospital São Lucas, da PUCRS, chegou a interditar emergência do SUS – Foto: SMS/Divulgação

A SMS (Secretaria Municipal de Saúde) de Porto Alegre informou, na tarde desta quarta-feira (17), a situação da rede hospitalar, que teve danos após a passagem dos fortes temporais pela cidade desde à noite de ontem (16). Os dados são atualizados constantemente, pois é realizada apuração dos estragos assim como já são feitos reparos.

São Lucas

O Hospital São Lucas, da PUCRS, teve grande destelhamento (foto). Além disso, a SMS informa que o prédio da instituição registrou alagamentos. Pela manhã, o atendimento na emergência SUS do Hospital chegou a ser interditado, mas agora, também conforme a SMS, opera com restrições.

HPS

O HPS (Hospital de Pronto-Socorro) sofre com falta de energia elétrica. O prédio da Instituição também sofreu com alagamentos. Contudo, segundo a SMS, não há restrições de atendimento neste momento no Hospital.

Instituto de Cardiologia

O Instituto de Cardiologia também enfrenta problemas com a rede de energia. Outra questão diz respeito ao sistema de informação da Instituição, que não está em operação. Assim, como o São Lucas, o atendimento ocorre com restrições.

Vila Nova

O Hospital Vila Nova está sem luz, apresenta alagamentos e tem falta d’água. A instituição opera com restrição de atendimento.

PACS (Pronto Atendimento Cruzeiro do Sul)

O PACS assim como os locais já citados, também enfrenta queda de luz, mas também de água. Em função disso, há restrição de atendimento.

Posto do IAPI

O Pronto Atendimento em Saúde Mental IAPI também sofre com falta de energia elétrica. Outro problema é o sistema de informação, que está inoperante. Também há restrição de atendimento.

Independência

No Hospital Independência há falta d’água. No entanto, não foi relatada restrição de atendimento.

Outras medidas

Com a previsão de novo temporal, excepcionalmente hoje as 16 unidades de saúde que atendem até as 22h, bem como a farmácia distrital da Restinga, encerrarão o expediente às 19h.

Além disso, mais de 100 serviços de saúde que sofrem com os impactos do temporal, entre unidades de saúde, farmácias distritais, clínicas da família, ambulatórios e serviços especializados, encerraram as atividades às 15h.

Em razão do temporal, por fim, as atividades da unidade móvel de saúde foram suspensas hoje (17) no bairro Humaitá, e amanhã (18), no bairro Anchieta. A programação para a próxima semana será divulgada em breve.

 

Quer receber notícias no WhatsApp?
Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Compartilhe:
error: