Saúde em crise

Hospital de Canoas enfrenta superlotação na emergência

Ao menos 27 pacientes estão aguardando encaminhamento para leitos no Hospital Nossa Senhora das Graças, em Canoas. 

Compartilhe:

A emergência do Hospital Nossa Senhora das Graças está operando com superlotação na primeira semana de janeiro de 2024. Ao menos 27 pacientes estão aguardando encaminhamento para leitos.

Conforme a Prefeitura de Canoas, o hospital tem buscado reduzir o transtorno aos pacientes. No entanto, devido ao grande número de pacientes, muitos estão ficando em macas e poltronas extras, além de receber pacientes SUS em parte do espaço de atendimento destinado para os convênios.

A reorganização da estrutura busca garantir a manutenção dos atendimentos apesar da superlotação. “Estamos trabalhando, em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), para não restringirmos os serviços”, pontuou o diretor-geral do HNSG, Juliano da Silva.

“Nos últimos três dias, principalmente, registramos um aumento dos pacientes com as classificações de risco de cor amarelo e laranja, considerados de urgência. Temos pacientes com diferentes diagnósticos, que vão desde problemas neurológicos, oncológicos, respiratórios, entre outros”, explicou Silva.

O Hospital de Pronto Socorro de Canoas (HPSC) opera com uma taxa de ocupação na Unidade de Internação de 91%. Já o Hospital Universitário de Canoas apresenta uma taxa de ocupação da área pediátrica de 68% e na área adulto, em geral, de aproximadamente 79%.

Quer receber notícias no WhatsApp?
Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Compartilhe:
error: