PORTO ALEGRE

DMLU retira 25 toneladas de resíduos da Orla do Guaíba após festa de Réveillon

A limpeza contou com aproximadamente 100 garis

Compartilhe:
Foto: Julio Ferreira/PMPA

O DMLU (Departamento Municipal de Limpeza Urbana de Porto Alegre) realizou uma operação especial de limpeza para o recolhimento de resíduos após a festa de Réveillon na Orla do Guaíba. Foram retiradas cerca de 25 toneladas de materiais da área. Na manhã desta segunda-feira (1º) as equipes concluíram os serviços de coleta, varrição e lavagem nos locais de entorno do evento, como as avenidas Presidente João Goulart e Edvaldo Pereira Paiva, além dos trechos 2 e 3 da Orla.

A limpeza contou com aproximadamente 100 garis do DMLU, além dos profissionais escalados pela GAM 3, responsável pela manutenção do trecho 1. A ação, executada inicialmente por um grupo formado por 60 trabalhadores, começou à meia-noite nos bairros Cidade Baixa e Moinhos de Vento. A partir das 3h, já na região das festividades de Ano Novo, a equipe passou a colaborar com outros 20 funcionários que atuam rotineiramente na conservação da área.

Segundo a Prefeitura, grande parte do material estava espalhado pelo chão. A operação precisou se estender e um novo efetivo, composto por quase 20 pessoas, assumiu o serviço às 7h30 para concluir a remoção dos resíduos. Para auxiliar as atividades, os garis tiveram o apoio de um caminhão da Coleta Seletiva, um caminhão compactador e um caminhão-pipa.

A Prefeitura de Porto Alegre relata que, para a realização do evento, foram disponibilizados 14 contêineres nos espaços da Orla, desde o Gasômetro até o trecho 2, a fim de facilitar o descarte correto durante as comemorações. Os resíduos mais recolhidos foram sacolas plásticas, embalagens e garrafas de vidro.

Duas toneladas de recicláveis não estavam misturadas com outros rejeitos, o que permitiu o envio da carga para a Unidade de Triagem Anjos da Ecologia. O restante do quantitativo será encaminhado para o aterro sanitário, localizado em Minas do Leão, cerca de 100 quilômetros da Capital.

“Esse grande acúmulo de resíduos após a festividade nos alerta que a população precisa colaborar com a limpeza urbana e descartar corretamente os materiais. Todos somos responsáveis e devemos cuidar da cidade”, ressalta o diretor-geral do DMLU, Paulo Marques.

Quer receber notícias no WhatsApp?
Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Compartilhe:
error: