Virada no tempo

Chuva forte atinge Porto Alegre e região nesta quinta-feira

Em Porto Alegre, chuva provocou pontos de alagamentos e o desligamento de semáforos.

Compartilhe:

A região metropolitana de Porto Alegre começou a quinta-feira (11) com chuva intensa e registro de alagamentos. A previsão do tempo publicada pelo Agora RS apontava para o risco de tempestades no RS nesta quinta.

As precipitações chegaram ao Centro Histórico por volta das 8h30 da manhã, com duas pancadas fortes de chuva. Por volta das 9h, as precipitações reduziram no Centro de Porto Alegre. A chuva retornou por volta das 10h, novamente com força. No entanto, não há registros de danos importantes até o momento.

A EPTC (Empresa Pública de Transporte e Circulação) registra dois pontos de alagamento em Porto Alegre: Voluntários da Pátria, embaixo da Ponte do Guaíba; e rua Antônio Carlos Guimarães x Loureiro da Silva.

O semáforo da Bento Gonçalves x João de Oliveira Remião está fora de operação, segundo a EPTC. A sinaleira do cruzamento da avenida Ernesto Neugebauer x rua Dona Teodora voltou a operar.

Na noite de ontem, a Defesa Civil de Porto Alegre alerta para possibilidade de temporal na cidade. A Defesa Civil orienta que a população não transite em locais sujeitos a inundações, enxurradas ou entre em alagamentos. Em caso de dúvidas e emergências, ligue para a Defesa Civil (199) ou Corpo de Bombeiros (193). Os órgãos que integram a Comissão Permanente de Atuação em Emergências (Copae) estão de prontidão.

Chuva provoca alagamentos em Canoas

Em Canoas, na região metropolitana, foram registrados 60 milímetros de chuva entre 8h20 às 10h20. A região do bairro Mathias Velho teve o maior acumulado no período com 60,3 mm.

Houve alagamentos em trechos da descida do viaduto da Boqueirão, próximo da Paróquia Pio X, na esquina das ruas Venâncio Aires e Augusto Severo, além de pontos dos bairros Niterói, Rio Branco e São Luís.

A Defesa Civil do município está em alerta e de prontidão para o atendimento de ocorrências. Equipes de Obras e Serviços Urbanos estão nas ruas. As Casas de Bombas, essenciais para impedir alagamentos na cidade, operam normalmente.

Quer receber notícias no WhatsApp?
Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Compartilhe:
error: