ALERTA LIGADO

Cevs confirma caso importado de sarampo

O sarampo é uma doença infecciosa aguda, viral, especialmente grave em menores de cinco anos.

Compartilhe:

O Cevs (Centro Estadual de Vigilância em Saúde) confirmou, nesta quinta-feira (25), um caso importado de sarampo no Rio Grande do Sul.

“O paciente é um menino de três anos que chegou no dia 27 de dezembro ao município de Rio Grande, procedente do Paquistão, no sul do continente asiático, sem ter sido vacinado”, disse SES (Secretaria Estadual da Saúde).

“A criança está bem e seus familiares não apresentaram sintomas. O município segue monitorando atendimentos por febre, exantema, tosse, coriza ou conjuntivite, sem nenhuma identificação de caso suspeito. A Secretaria da Saúde ressalta se tratar de um caso importado sem cadeia de transmissão associada”, afirmou.

Com a confirmação, a SES  reforça a recomendação de aplicação da vacina tríplice viral (sarampo, rubéola e caxumba), oferecida gratuitamente pelo SUS (Sistema Único de Saúde) à população.

“O esquema vacinal completo consiste em duas doses até 29 anos e uma dose para adultos de 30 a 59 anos. Nas crianças, a vacinação deve ocorrer aos 12 e 15 meses de idade. Profissionais de saúde devem realizar duas doses independentemente da idade. Em situações de bloqueio vacinal, a vacinação seletiva é recomendada para todas as pessoas acima de 6 meses de idade”, explicou a a SES.

No Rio Grande do Sul, os últimos casos confirmados (37) haviam sido registrados em abril de 2020.

Sarampo

O sarampo é uma doença infecciosa aguda, viral, especialmente grave em menores de cinco anos, imunodeprimidos e desnutridos, e extremamente contagiosa, que infecta nove de dez suscetíveis após exposição ao vírus.

É transmitida de forma direta, por meio de secreções nasofaríngeas ao tossir, espirrar ou falar. Um caso suspeito deve ficar em isolamento respiratório e fazer uso de máscara cirúrgica desde o momento da triagem nos serviços de saúde.

Quer receber notícias no WhatsApp?
Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Compartilhe:
error: