DESENVOLVIMENTO

Porto Alegre: plano de recuperação do Arroio Dilúvio será exposto na quinta-feira

Consórcio realizou estudos urbanísticos, sociais, econômicos e ambientais para a implementação do projeto

Compartilhe:
Concepção de como ficaria a avenida Ipiranga. Arte: SMAMUS/Divulgação PMPA

A quinta-feira (7) será de apresentação do plano de trabalho para recuperação do Arroio Dilúvio, na avenida em Porto Alegre. A explanação será feita a partir das 9h30. A reunião virtual pode ser acessada aqui.

O consórcio contratado pela prefeitura chama-se “Regeneração Urbana Dilúvio” e é formado pelas empresas Profill, Consult e Pezco. O valor investido pela prefeitura na contratação foi de R$ 4,49 milhões para realização de estudos urbanísticos, sociais, econômicos e ambientais para a implementação do que chamado de “Operação Urbana Consorciada”.

O objetivo do projeto é que seja feito o adensamento populacional do entorno da avenida Ipiranga. Com isso, espera-se que haja o desenvolvimento econômico e o aumento de empregos na região.

Os recursos para recuperação do Dilúvio preveem o leilão do solo criado, certificado que o empreendedor paga para construir prédios mais altos. Os recursos desse fundo devem ser destinados para as obras de despoluição, desassoreamento, contenção e reflorestamento das margens do arroio e criação de um parque linear.

Estudos preliminares apontam que, em 30 anos, seria possível arrecadar R$ 1 bilhão em solo criado. Enquanto isso, a prefeitura prevê orçamento para financiar, pelo menos, a primeira fase da operação.

Quer receber notícias no WhatsApp?
Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Compartilhe:
error: