Notícia

Municípios devem disponibilizar dose de reforço da vacina bivalente contra Covid-19

O objetivo da dose de reforço é ampliar a coberturas vacinal da população mais propensa a desenvolver formas graves da Covid-19

Compartilhe:

Os municípios do Rio Grande do Sul começaram a disponibilizar a dose de reforço da vacina bivalente contra a Covid-19. A aplicação da vacina foi recomendada pelo Ministério da Saúde.

A SES (Secretaria Estadual da Saúde) está repassando a orientação para as coordenadorias regionais e municípios após a publicação de uma Nota Técnica. O objetivo é ampliar as coberturas vacinais da população mais propensa a desenvolver formas graves em caso de infecção pelo coronavírus.

A vacina bivalente contra a Covid-19 pode ser ofertada um público ainda específico. As aplicações podem ser realizadas em pessoas com 60 anos ou mais e imunocomprometidos acima de 12 anos de idade e que tenham recebido a última dose do imunizante há mais de 6 meses.

A decisão do Ministério da Saúde é uma estratégia preventiva. Duas novas sublinhagens (a JN.1 e a JG.3) de uma variante do coronavírus no Brasil foram identificadas, inicialmente nos estados do Ceará, São Paulo, Rio de Janeiro e Goiás.

No RS, até o momento, apenas 38% dos idosos receberam a dose bivalente. Isso representa somente cerca de 840 mil em uma população total estimada em mais de 2,2 milhões de pessoas. Dessas, a maioria recebeu a vacina há mais de seis meses, visto que essa dose começou a ser disponibilizada em fevereiro.

Quer receber notícias no WhatsApp?
Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Compartilhe:
error: