QDENGA

Ministério da Saúde incorpora vacina contra a dengue no SUS

O Brasil é o primeiro país do mundo a oferecer a vacina no sistema público universal.

Compartilhe:
Frascos da nova vacina da dengue, produzida pelo laboratório japonês Takeda Pharm. Foto: Divulgação

O Ministério da Saúde incorporou, nesta quinta-feira (21), a vacina contra dengue no SUS (Sistema Único de Saúde). O Brasil é o primeiro país do mundo a oferecer o imunizante no sistema público universal.

A vacina conhecida como Qdenga não será utilizada em larga escala em um primeiro momento, já que o laboratório fabricante, Takeda, afirmou que tem uma capacidade restrita de fornecimento de doses.

Por isso, a vacinação será focada em público e regiões prioritárias. A incorporação do imunizante foi analisada de forma célere pela Comissão Nacional de Incorporações de Tecnologias no SUS (Conitec) e passou por todas as avaliações da comissão que recomendou a incorporação.

“O Ministério da Saúde avaliou a relação custo-benefício e a questão do acesso, já que em um país como o Brasil é preciso ter uma quantidade de vacinas adequada para o tamanho da nossa população. A partir do parecer favorável da Conitec, seremos o primeiro país a dar o acesso público a essa vacina, como um imunizante do SUS. E, até o início do ano, faremos a definição dos públicos alvo levando em consideração a limitação da empresa Takeda do número de vacinas disponíveis. Faremos priorizações”, explicou a Ministra da Saúde, Nísia Trindade.

Quer receber notícias no WhatsApp?
Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Compartilhe:
error: