FUNCIONALISMO

Estado oficializa promoção de 2,5 mil servidores da segurança e do sistema prisional

As promoções ocorreram pelas modalidades de antiguidade e merecimento. Confira lista dos promovidos;

Compartilhe:

Em edição extraordinária do Diário Oficial do Estado na noite de sexta-feira (22), o governo do RS promoveu 2.540 servidores da BM (Brigada Militar), da PC (Polícia Civil), do CBMRS (Corpo de Bombeiros Militar), do IGP (Instituto-Geral de Perícias) e da Susepe (Superintendência dos Serviços Penitenciários).

Para garantir as promoções, serão investidos cerca de R$ 80 milhões. As promoções ocorreram pelas modalidades de antiguidade e merecimento, que levam em conta a classificação dos servidores em critérios internos relacionados à atividade deles em cada instituição.

Os pedidos das promoções passaram pela análise do GAE (Grupo de Assessoramento Especial) e, após a conclusão dos estudos orçamentários, foram autorizados pelo governo estadual. A lista completa dos servidores promovidos pode ser conferida no DOE (clique aqui).

“As novas promoções são fruto das reformas estruturantes e administrativas que foram promovidas pelo governo, que também permitiram ao Estado colocar os salários em dia, depois de quase cinco anos, antecipar o pagamento do 13° salário e retomar a capacidade de investimento”, disse o governo em nota.

Promoções realizadas pelo governo em dezembro

Brigada Militar

  • Primeiro-sargento: 319
  • Terceiro-sargento: 1
  • Major: 71
  • Tenente-coronel: 65
  • Coronel: 30
    Total: 486

Corpo de Bombeiros Militar

  • Segundo-sargento: 316 (Curso Técnico em Segurança Pública)
  • Capitão: 6
  • Major: 18
  • Tenente-coronel: 7
    Total: 347

Polícia Civil

  • Delegados: 84
  • Agentes: 1.162
  • Investigadores: 15
    Total: 1.261

IGP

  • Servidores: 80
    Total: 80

Susepe

  • Agentes penitenciários: 232
  • Agentes penitenciários administrativos: 126
  • Técnicos superiores penitenciários: 8
    Total: 366

Quer receber notícias no WhatsApp?
Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Compartilhe:
error: