NATAL E ANO NOVO

4 dicas para reduzir o estresse dos pets com os fogos de artifício

Ainda existem muitas pessoas que celebram o Natal e a chegada do Ano Novo com fogos de artifício.

Compartilhe:
Foto: Pixabay

O fim do ano está chegando e apesar de em algumas cidades os fogos de artifício com estampido serem proibidos, ainda existem muitas pessoas que celebram o Natal e a chegada do Ano Novo com este tipo de artefato.

Muitas vezes, o barulho causado pelos fogos pode desencadear um quadro de estresse nos pets, principalmente nos cães. “Muitos animais têm alta sensibilidade aos ruídos, que podem levar a um ataque de pânico e outros sintomas de ansiedade”, explica a médica veterinária comportamentalista Simone Bergamini.

Ela destaca que os animais com ataque de pânico podem salivar muito, tremer excessivamente, correr em várias direções e até tentar fugir do local onde estão, o que pode causar ferimentos graves ao pular de sacadas ou de muros altos.

“A reação que cada animal apresenta é individual e de acordo com o grau de sensibilidade de cada um. Existem cães que não apresentam problemas e permanecem tranquilos, mas outros podem ficar agitados e procurar a ajuda do tutor”, ressalta Simone.

Ele deu quatro dicas para reduzir o estresse dos pets. Confira:

1 – Não deixe o animal sozinho em casa: é importante que nestes momentos o pet esteja na companhia da família, para se sentir mais protegido;

2 – reduza o volume dos ruídos: uma das medidas que podem ser adotadas é fechar as janelas e deixar uma televisão ligada, para que o animal não se assuste com estampidos repentinos;

3 – acolha o animal: se o seu pet pedir ajuda, não ignore o pedido e dê a atenção que ele precisa para reduzir o seu sofrimento;

4 – reserve uma área isolada: uma das dicas é isolar o animal em um espaço da casa onde ele se sinta mais acolhido, mas sem forçá-lo a permanecer no local.

Quer receber notícias no WhatsApp?
Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Compartilhe:
error: