Briga familiar

Homem é preso após morte da filha a facadas em Torres

Indivíduo é suspeito de ter agredido a própria filha, de 23 anos, durante briga familiar.

Compartilhe:

Um homem de 57 anos foi preso por suspeita de esfaquear e matar a filha em Torres, no Litoral Norte do Rio Grande do Sul. A vítima teria sido atingida por golpe de arma branca durante uma briga familiar. Caso é tratado como feminicídio pela Polícia Civil.

O caso ocorreu por volta das 22h30 da noite de terça-feira, na rua dos Pescadores, no bairro Salinas. Pai e filha se desentenderam ainda por motivos desconhecidos da polícia e a jovem, de 23 anos, foi atingida por uma facada no peito.

Ela foi socorrida por vizinhos que perceberam a confusão até uma casa nas proximidades. O SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi acionado, mas quando os paramédicos chegaram ao local, a vítima já estava em óbito.

Conforme o delegado de Polícia Civil de Torres, Marcos Vinicius Muniz Veloso, o pai já tinha registro de ocorrência da Lei Maria da Penha contra si após denúncia da companheira. No entanto, não havia reclamação feita pela filha. O policial pediu à Justiça a prisão preventiva do indivíduo.

O homem foi preso pela Brigada Militar ao tentar se esconder do policiamento em um terreno vizinho. Ele teve que se contido com uso moderado da força e, posteriormente, autuado em flagrante delito por feminicídio. O preso tem antecedentes por ameaça, injúria, lesão corporal, receptação, perturbação do sossego, vias de fato e descumprimento de medida protetiva contra a companheira.

Quer receber notícias no WhatsApp?
Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Compartilhe:
error: