fios sem origem

Ferro-velho é interditado na zona norte de Porto Alegre

O estabelecimento, localizado na rua Voluntários da Pátria, no bairro Floresta, armazenava fios telefônicos sem origem comprovada.

Compartilhe:

Um ferro-velho foi interditado nesta quarta-feira (29) na zona norte de Porto Alegre. O estabelecimento, localizado na rua Voluntários da Pátria, no bairro Floresta, armazenava fios telefônicos sem origem comprovada.

“Os fios já estavam na condição conhecida como cabelinho, sem a proteção plástica que os envolve durante o uso”, afirma o secretário adjunto de Segurança, Comissário Zottis. O material foi reconhecido pelos técnicos das concessionárias.

O proprietário do local interditado foi encaminhado à 17ª DP (Delegacia de Polícia) de Porto Alegre. “Seguimos trabalhando para garantir a continuidade da redução dos índices de furto e roubo”, afirma Zottis.

O estabelecimento pode ser alvo de sanções como multa de até cinco mil UFMs (Unidades Financeiras Municipais) – cerca de R$ 26,2 mil – e cassação do alvará de funcionamento. O prazo para recurso é de 30 dias.

A Operação Ferros-Velhos foi criada em 2022 para intensificar o combate aos crimes de furto e receptação. Desde então, contribuiu para uma série de prisões, resultando na apreensão de materiais furtados e na interdição e autuações de ferros-velhos.

A população pode auxiliar no trabalho da Guarda Municipal por meio de denúncias, que devem ser encaminhadas pelo telefone 153 ou no aplicativo 156+POA. A central telefônica funciona 24 horas, a partir do Centro Integrado de Coordenação de Serviços (Ceic-POA), e aceita ligações anônimas.

Porto Alegre, RS, Brasil 29/11/2023: Um ferro-velho foi interditado por armazenar fios telefônicos sem origem comprovada no bairro Floresta. Foto: SMSEG/Divulgação PMPA

Quer receber notícias no WhatsApp?
Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Compartilhe:
error: