TERMO DE COOPERAÇÃO

Governo do RS e UFRGS fecham parceria para criar ações de enfrentamento de enchentes

Objetivo do acordo é auxiliar na construção de políticas públicas e na criação de uma cultura da prevenção

Compartilhe:
Governo do RS e UFRGS fecham parceria para criar ações de enfrentamento de enchentes
No encontro, pesquisadores da UFGRS apresentaram estimativa de áreas urbanas inundadas durante a enchente no Vale do Taquari – Foto: Vanessa Trindade/Ascom Sema

A Sema-RS (Secretaria do Meio Ambiente e Infraestrutura) recebeu, nesta segunda-feira (18), pesquisadores do IPH (Instituto de Pesquisas Hidráulicas) da UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul). A ideia é formalizar uma parceria entre governo e academia através de um termo de cooperação para auxiliar na construção de políticas públicas, e na criação de uma cultura da prevenção, voltadas para áreas de risco de enchentes, como o Vale do Taquari.

Durante o encontro houve a entrega do relatório preliminar das áreas urbanas inundadas durante a cheia do Rio Taquari-Antas, no início do mês. Os pesquisadores apresentaram para os representantes do governo do RS uma estimativa das regiões inundadas durante a enchente ocorrida nos dias 4 e 5 de setembro. O mapeamento abrangeu as cidades de Santa Tereza, Muçum, Encantado, Roca Sales, Lajeado e Estrela.

Conforme o IPH, contudo, não é de agora que o Vale do Taquari é foco dos esforços do Instituto. Já há outro estudo sobre o tema, efetuado entre 2014 e 2015. Isso porque este último evento climático foi tido como extraordinário, mas essas regiões já contam com registros históricos de enchentes, destacou o Instituto.

O levantamento entregue hoje é preliminar e será aprimorado, de modo que possa servir de modelo para pesquisas futuras. Ademais, a intenção é que os municípios do Vale do Taquari possam servir de piloto para esse projeto que envolve governo e universidade.

O termo de cooperação deverá ser assinado nos próximos dias. A partir daí, o objetivo é concretizar uma proposta mais detalhada das ações a serem elaboradas de forma conjunta.

Quer receber notícias no WhatsApp?
Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Compartilhe:
error: