Sul do Estado

Queda de árvore sobre residência causa uma morte em Rio Grande

A vítima, ainda não identificada, foi atingida por uma árvore que caiu sobre a residência onde ela estava. 

Compartilhe:

O governador em exercício do Rio Grande do Sul, Gabriel Souza (MDB), afirmou que houve a morte de uma pessoa em decorrência do ciclone extratropical que atinge o Estado há dois dias. A fala de Souza ocorreu em entrevista à rádio CBN.

O óbito ocorreu no município do Rio Grande, na região Sul do RS. A vítima foi identificada como Danilo Francisco Porciuncula da Silva, 67 anos. Uma árvore que caiu sobre a residência onde ele estava.

A informação da morte também foi confirmada pelo prefeito de Rio Grande, Fábio Branco. Segundo ele, o caso ocorreu no bairro Maria dos Anjos. Segundo a prefeitura do Rio Grande, as rajadas de vento na cidade chegaram a 140 km/h.

A navegação no Porto do Rio Grande segue impraticável, devido a rajadas de vento. Na localidade da Barra, no Cassino, oito casas foram destelhadas.

A tempestade trouxe também granizo para cidades do Noroeste, região Central e Vale do Rio Pardo; vendavais em municípios da região Noroeste e Norte; e alerta para cheias no Vale do Caí. Sete pessoas ficaram feridas em todo o estado, sendo que uma foi hospitalizada.

Até o momento, 28 cidades foram afetadas pela passagem do ciclone, devido aos fortes ventos e chuvas. Os municípios de Vera Cruz, Sobradinho e Joia decretaram situação de emergência.

Esse é o segundo ciclone a causar mortes no Rio Grande do Sul no intervalo de menos de um mês. O sistema de baixa pressão que atingiu o Estado entre 15 e 16 de junho causou 16 mortes, na pior tragédia causada pelo clima no Estado em, pelo menos, 40 anos.

Quer receber notícias no WhatsApp?
Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Compartilhe:
error: